Segundo no TL2 em Cingapura, Räikkönen fala em começo “bem OK”, mas ignora resultados: “É apenas sexta-feira”

Kimi Räikkönen conseguiu um bom segundo lugar no TL2 em Cingapura. 0s039 mais lento que o líder, Daniil Kvyat, o finlandês falou em começo "OK", mas não mostrou muita empolgação com o resultado, afirmando que o treino livre de nada serve para o resultado da prova

O segundo lugar no TL2 para o GP de Cingapura não animou muito Kimi Räikkönen. Nesta sexta-feira (18), o finlandês reconheceu que o começo de final de semana não foi ruim, mas ignorou as marcas em termos de resultado, insistentemente batendo na tecla de que foi apenas uma sexta de treinos livres.

 
Räikkönen mostrou-se bem cauteloso com a segunda marca no TL2, 0s039 atrás de Daniil Kvyat.
 
“Foi um dia OK. Temos muitas coisas para melhorar no carro, mas foi bem OK. Foi uma sexta-feira normal, nós fizemos a nossa parte, apenas”, disse.
 
Para o finlandês, o que realmente vale é repetir o desempenho que teve na pista na classificação deste sábado.
 
“É sexta-feira, muito difícil fazer leitura de qualquer tipo de resultado. Vamos tentar ter um bom dia amanhã e é isso. De novo, é só sexta-feira, o resultado não importa muito”, falou o piloto.
Kimi Räikkönen foi o primeiro a sair com os pneus supermacios no TL2 em Cingapura (Foto: Reprodução/Twitter)
O campeão do mundo de 2007 acredita que a Red Bull vá fazer bonito em Cingapura, mas não pelo resultado dos treinos livres.
“A Red Bull parece rápida, mas hoje não conta. Vamos ver o que acontece daqui para frente, espero ter um bom dia amanhã”, explicou.
 
O finlandês lembrou que, ainda que vá bem na classificação, vai precisar de uma boa corrida.
 
“Tudo o que precisava foi corrigido, mas, obviamente, o resultado final não depende apenas de ter uma boa classificação”, completou.
 
O finlandês ocupa a quinta colocação no Mundial de Pilotos. Räikkönen tem 92 pontos marcados, 86 a menos que o companheiro Sebastian Vettel. 
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube