Sem desistir de 2020, Vettel faz balanço de passagem pela Ferrari: “Falhei. Nós falhamos”

Em sua última temporada pela Ferrari na Fórmula 1, Sebastian Vettel avaliou que a equipe nunca teve um carro bom o bastante para brigar pelo título. Em cinco temporadas, o #5 foi vice-campeão duas vezes

A temporada 2020 ainda não começou, mas Sebastian Vettel já sabe fazer um balanço de sua passagem pela Ferrari. Na equipe de Maranello desde 2015, o #5 admitiu que falhou na meta de conquistar o título da Fórmula 1 com o bólido vermelho.

Em cinco temporadas com a Ferrari, Vettel conseguiu 14 vitórias, 12 poles, 54 pódios e dois vice-campeonatos ― em 2017 e 2018. A temporada passada, porém, foi a pior do tetracampeão: com 240 pontos, Sebastian fechou o ano apenas com o quinto posto no Mundial de Construtores.

Sebastian Vettel está na Ferrari desde 2015, mas deixará o time ao fim do ano (Foto: AFP)
Paddockast #67 | Barrichello melhor que Schumacher?
Ouça também: PODCASTS APPLE | ANDROID | PLAYERFM

No início de maio, a Ferrari anunciou que 2020 seria o último ano de Vettel no time. Na época, o anúncio teve ares de uma decisão conjunta, mas, na quinta-feira, o piloto revelou que nunca recebeu uma proposta da escuderia e admitiu surpresa ao receber um telefone com um comunicado de Mattia Binotto.

Às vésperas da abertura da temporada 2020, Vettel fez um balanço de sua passagem pela Ferrari, mas manteve em aberto o destino do campeonato deste ano, já que será uma disputa bastante particular por conta dos efeitos da pandemia do novo coronavírus.

“Antes de mais nada, você tem de dizer que, desde o dia em que eu cheguei, nós tentamos de tudo para lutar pelo campeonato, que acho que foi o que nós fizemos em várias ocasiões”, começou Vettel. “Não vencemos o campeonato. Nesse sentido, também olhando para trás, eu falhei, nós falhamos”, reconheceu.

“Ainda temos uma temporada pela frente. Levando em conta que é uma temporada estranha, um começo estranho sem os fãs, sem as pessoas aqui, acho que é impossível saber exatamente o que esperar de nós, então acho que seria cedo demais para descartar qualquer coisa”, ponderou.

No entender do companheiro de Charles Leclerc, a Ferrari nunca conseguiu um pacote campeão nesses anos de união.

“Quando você fala de olhar para trás, aqui e ali faltava alguma coisa. Acho que, no fim, nós nunca conseguimos colocar um pacote todo no lugar até o fim do ano que fosse bom o bastante para lutar pelo campeonato”, reconheceu. “No fim, é bem simples. Não fomos rápidos o bastante, nosso pacote não era bom o bastante, e, como uma equipe, não formos tão fortes quanto a Mercedes”, encerrou.

O GRANDE PRÊMIO transmite em tempo real todas as atividades do fim de semana do GP da Áustria de F1.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO? Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.
Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.
Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube