F1

Sem nenhum abandono em 2013, Chilton vê chance de estabelecer recorde: “É algo que me orgulha”

Piloto da Marussia, que em Interlagos pode se tornar novato com mais GPs completados na história, já igualou marca de Tiago Monteiro que, em seu ano de estreia, em 2005, completou todas as 18 provas que disputou: “É um bom resultado até agora”

Warm Up, de Interlagos / HUGO BECKER, de Guarulhos
 

Max Chilton completará no próximo domingo (24), em Interlagos, uma temporada de estreia que não chegou a arrancar suspiros de ninguém na F1. Sofrendo com a lentidão da Marussia, o inglês não teve oportunidades para protagonizar nenhum grande momento ao longo de 2013 e seu único parâmetro de comparação, o companheiro de equipe Jules Bianchi, o superou constantemente tanto em classificações quanto nas corridas.
 
No entanto, o discreto britânico já igualou um curioso recorde que pode ser superado por ele próprio no GP do Brasil, 19ª e última etapa do ano: Chilton completou todas as 18 etapas que disputou em seu primeiro ano, o mesmo número de Tiago Monteiro em 2005. Caso também complete a etapa de São Paulo, o novato será o novo dono da marca.
Max Chilton, gêmeo de Kate Moss (Foto: Getty Images)
"É algo que me orgulha, é um bom resultado até agora ter terminado 18 corridas", admitiu Max, nesta quinta-feira (21), durante coletiva de imprensa em Interlagos. Em seguida, lembrou de Monteiro, mas errou a estatística. "Acho que quebrei o recorde do Tiago, já que ele terminou 16, mas estou tentando não olhar para isso... Sou um pouco supersticioso."
 
"Se você começa a olhar em volta... Sinto que vou brincar com a sorte. É algo que eu gostaria muito de manter", explicou Chilton, cujo melhor resultado no ano foi um isolado 14º posto em Mônaco. "Obviamente, se eu estiver em uma posição onde eu tenha que lutar o máximo que eu puder para manter o 13º lugar e pressionar para manter isso na pista, vou fazer o que eu puder para ganhar um décimo", enfatizou.
 
Contudo, Chilton minimizou a importância do recorde. "Seria bom se eu pudesse terminar a corrida no domingo, mas se não, não será o fim do mundo", encerrou.

A marca absoluta de GPs consecutivos completados pertence a Nick Heidfeld, que entre 2007 e 2009 fechou 41 corridas sem abandonos.

GRANDE PRÊMIO acompanha 'in loco' os eventos que cercam e o GP do Brasil de F1 em Interlagos com os repórteres Flavio Gomes, Evelyn Guimarães e Felipe Giacomelli.