Pérez diverge de Red Bull sobre causa de quebra no Canadá: “Problemas diferentes”

Sergio Pérez abandonou o GP do Canadá após apenas nove voltas com problemas de câmbio e discordou de Helmut Marko sobre acidente na classificação ter resultado na quebra na corrida

FÓRMULA 1 2022 AO VIVO: TUDO SOBRE O GP DO CANADÁ DE F1 | Briefing

O GP do Canadá acabou mais cedo para Sergio Pérez. O mexicano sofreu um problema de câmbio ainda na nona volta e acabou abandonando a corrida. O piloto da Red Bull havia largado na 13ª posição após cometer um erro na chuva durante a classificação e cair no Q2 e buscava uma prova de recuperação, mas terminou lamentando o resultado que dificulta muito sua vida na briga pelo campeonato com o companheiro de equipe, Max Verstappen.

“Zero pontos quando você está brigando pelo campeonato pesa muito. Mas ainda é um campeonato muito longo, hoje dói demais e quero esquecer esse dia. Nós estávamos ultrapassando, economizando pneus e especialmente os freios. Então a nossa corrida tinha bastante potencial”, contou Pérez após a corrida em Montreal.

Este foi o segundo abandono de Pérez na temporada, o primeiro desde o GP do Bahrein, abertura de 2022 da Fórmula 1. Checo pediu para a Red Bull continuar focada em resolver os problemas de confiabilidade que já custaram pontos importantes para a equipe. Perguntado se a batida no sábado tenha afetado na quebra do câmbio no domingo, o mexicano prontamente refutou a ideia.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Sergio Pérez lamentou resultado no Canadá pensando na disputa do campeonato (Foto: Red Bull Content Pool)

“Não é o que pensamos no momento. Nós temos um novo regulamento e todo mundo está levando tudo no limite. Estamos com essas novas regras e deve ser algo relacionado a isso. O carro está chacoalhando mais, então são problemas diferentes que temos”, explicou Sergio.

“Nós precisamos continuar dando atenção para essas coisas, a caixa de câmbio estava no final de sua vida útil. Precisamos nos manter de olho nisso porque a confiabilidade é muito dolorosa. E ter um zero, pensando no campeonato, é doloroso também”, lamentou o piloto mexicano.

Helmut Marko, consultor da Red Bull, contrariou o próprio piloto. O austríaco disse que a caixa de câmbio deveria ter aguentado a corrida, e que a batida na classificação pode ter tido efeito sim na quebra logo no início do GP do Canadá.

LEIA MAIS: Verstappen elogia disputa com Sainz após vitória no Canadá: “Voltas muito divertidas”

Sergio Pérez discordou de Helmut Marko sobre causa do abandono no Canadá (Foto: Red Bull Content Pool)

“A caixa de câmbio estava no final de sua vida útil, mas deveria ter aguentado. Então suspeitamos que também possa ser uma consequência do acidente de sábado, ainda que ele não tenha atingido nada diretamente com a caixa de câmbio. Foi infeliz, mas podíamos ver com o [Charles] Leclerc que estava muito difícil de ultrapassar o tráfego, mesmo para os melhores carros”, afirmou Marko.

O resultado coloca Pérez 46 pontos atrás do companheiro de equipe, Max Verstappen, que tem atualmente 175 pontos na liderança do Mundial de Pilotos. A Fórmula 1 retorna no dia 3 de julho, para o GP da Inglaterra em Silverstone.

QUAL O LIMITE PARA VERSTAPPEN NA FÓRMULA 1 2022?
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Escanteio SP.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar