Sétimo e satisfeito com Mercedes, Hamilton testa Halo em Cingapura e diz que não viu “nenhum problema real”

Lewis Hamilton testou o Halo nesta sexta-feira (16) e não viu nenhum grande problema com a peça, mas chamou a atenção para a visibilidade dos retrovisores. O tricampeão da Mercedes terminou o dia em sétimo e ainda sofreu com uma falha hidráulica

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
Lewis Hamilton teve a chance de testar o Halo nesta sexta-feira (16) em Cingapura. É a primeira vez que o tricampeão andou com o dispositivo instalado no carro – o equipamento é uma das soluções estudadas pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo) para ampliar a segurança dos cockpits da F1. Depois de guiar com o Halo no primeiro treino livre em Marina Bay e, inclusive, registrar volta cronometrada, o inglês avaliou que a peça não apresenta "nenhum problema real" e só chamou atenção para a visibilidade dos retrovisores.

 
"Não tem nenhum problema real com o Halo", disse o piloto da Mercedes aos jornalistas na pista asiática. "Eu quase nem notei, para ser honesto. Acho que só posso falar da visão dos retrovisores, que ficaram um pouco bloqueada", completou.
Lewis Hamilton em Cingapura (Foto: Mercedes)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Hamilton também falou sobre o desempenho apresentado pela equipe alemã neste dia de treinos livres. O líder do campeonato não pode completar a segunda sessão por conta de um problema hidráulico em seu carro, mas disse que a Mercedes evoluiu quanto ao rendimento na comparação com 2015.

 
"Tivemos uma pequena falha hidráulica no fim do TL2, mas isso não parece muito sério. Os mecânicos ainda estão trabalhando nisso e acho que amanhã tudo estará bem de novo, o que é a coisa mais importante", disse Lewis.
 
"O nosso ritmo hoje foi Ok. Definitivamente, muito melhor que no ano passado, então diria que demos um grande passo à frente e estaremos fortes aqui", acrescentou o piloto de 31 anos, que terminou o dia com a sétima colocação, enquanto o companheiro de Mercedes, Nico Rosberg, fechou a sessão em primeiro.
PADDOCK GP #46 TRAZ BOB KELLER E DEBATE VITÓRIAS DE FRAGA E PEDROSA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube