Smedley afirma que Williams esteve “claramente mais rápida” que Ferrari no GP da Inglaterra

O engenheiro-chefe da Williams, Rob Smedley, destacou que pela primeira vez na temporada 2015 seu time foi realmente mais rápido que a Ferrari, adversária mais próxima

Apesar da perda do pódio para Sebastian Vettel no fim do GP da Inglaterra, a Williams comemorou o bom desempenho de seus carros no fim de semana em Silverstone. O motivo: esteve mais rápida que a Ferrari.
 
Rob Smedley, engenheiro-chefe do time de Grove, fez questão de ressaltar o bom desempenho do FW37 nas mãos de Felipe Massa e Valtteri Bottas no circuito britânico.
Felipe Massa e Valtteri Bottas assumiram a ponta da corrida na primeira volta (Foto: Beto Issa)
A dupla se classificou na terceira e na quarta posições, com Massa tomando a ponta na largada e liderando 20 voltas antes de cair para quarto nas voltas finais, após a chegada da chuva.
 
“Eu acho que o fim de semana foi muito, muito positivo para nós. Pensamos que o carro estaria bom, e todas as atualizações que preparamos e todo o desenvolvimento funcionaram”, afirmou.
 
“Foi o primeiro fim de semana desde o começo da temporada, ainda que estivéssemos chegando mais perto, em que estivemos claramente mais rápidos que os nossos adversários mais próximos, as Ferrari. Fomos mais rápidos na classificação e tivemos uma vantagem no ritmo na corrida no seco”, comentou.
 
O fato de ter “claramente o segundo carro mais rápido” no GP da Inglaterra animado e até o faz pensar que é possível ir atrás da Ferrari na briga pelo vice do Mundial de Construtores. A Williams está na terceira posição com 151 pontos, 60 a menos que os italianos.
 
A próxima corrida, no entanto, deve ser menos favorável: a tendência é que o FW37 tenha mais dificuldades no travado circuito do GP da Hungria.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube