Stroll fala em felicidade por 4º na Hungria, mas Pérez lamenta: “Longe da melhor forma”

Enquanto Lance Stroll mostrou bom desempenho e comemorou a boa quarta posição no GP da Hungria, Sergio Pérez lamentou os problemas de saúde e a fraca largada

Lance Stroll sonhou com o pódio durante boa parte do GP da Hungria, mas acabou contentando-se com a quarta posição. Após boa largada, quando assumiu o segundo posto por algumas voltas, o piloto da Racing Point foi ultrapassado por Max Verstappen e Valtteri Bottas nas paradas nos boxes.

Apesar de ficar fora do pódio, o canadense comemorou o bom resultado e comentou sobre as dificuldades das voltas iniciais.

“Sim, estamos felizes. Gostei da corrida e foi uma boa largada usando pneus intermediários. E isso foi um alívio, você nunca sabe como será uma partida com pista molhada, então foi bom subir para a segunda posição logo no começo. A pista secou rapidamente e optamos por entrar nos boxes rapidamente para os pneus de pista seca. Acho que ficamos uma volta a mais”, afirmou Stroll.

“Estávamos esperando mais chuva, então ficamos a mais na pista e o Bottas nos ultrapassou nos boxes. Quando voltei, ele estava sete ou oito segundos na minha frente. Fiquei preocupado, mas foi um bom resultado para o time. Grande resultado, grande equipamento durante todo o final de semana”, completou.

F1; FÓRMULA 1; GP DA HUNGRIA; CLASSIFICAÇÃO; SERGIO PÉREZ; RACING POINT;
Sergio Pérez terminou o GP da Hungria em 7º (Foto: Racing Point)

Sergio Pérez não teve uma corrida tão boa. Largando na quarta colocação, o mexicano não partiu bem e caiu para o meio do pelotão. Após boa prova de recuperação, terminou apenas em sétimo, mas a primeira volta foi motivo de lamento.

“Não sei o que houve. Na linha interna, havia pouca aderência e na largada perdi muitas posições. Ali eu comprometi minha corrida. A partida foi ruim porque eu não tive tração”, disse o mexicano.

O titular da Racing Point ainda declarou que não estava 100% fisicamente. No sábado (18), após a classificação, Pérez reclamou de tonturas e enjoos.

“Ontem não estava bem. Hoje estou recuperado, mas longe da melhor forma. Não foi a corrida mais confortável, mas sem dúvida melhor que a classificação”, finalizou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube