Todt nega ter ignorado Alonso em homenagem dos pilotos a Bianchi: “Eu nunca estive tão próximo dele”

Após a divulgação de um vídeo em que aparece cumprimentando os pilotos na homenagem para Jules Bianchi e aparentemente ignora Fernando Alonso, Jean Todt veio a público esclarecer que sua relação com o espanhol "nunca esteve tão boa" e lamentou a "criação de boatos em uma hora tão delicada"

Jean Todt se disse extremamente chateado com a polêmica criada a partir de um vídeo em que o dirigente supostamente ignora Fernando Alonso na hora de cumprimentar os pilotos no momento da homenagem a Jules Bianchi neste domingo (12) em Sochi. O gaulês garante que sua relação com o asturiano nunca tinha sido tão boa.
 
O francês negou qualquer tipo de atrito com o espanhol e lamentou que boatos sejam criados em um momento delicado como este. 
 
“Quando alguém está lutando pela vida, é muito triste alguém criar um boato desses”, disse o dirigente.
Jean Todt negou ter ignorado antes do GP da Rússia (Foto: AP)
Todt explicou que havia acabado de abraçar o piloto espanhol da Ferrari no grid e que, por isto, pensou não ser necessário um novo cumprimento.
 
“Antes da corrida eu andei pelo grid e saudei vários pilotos. Abracei o Alonso momentos antes de irmos para a pista, não havia necessidade de um aperto de mão naquela hora”, declarou.
 
O gaulês lembrou que ambos são amigos pessoas de Bianchi e que, com isto, se aproximaram nos últimos dias. 
 
“Eu nunca estive tão próximo do Fernando quanto agora, já que estamos pensando no nosso amigo que está no hospital”, completou.

Confira o vídeo que gerou a polêmica:
 

#GALERIA(5111,83417)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube