Último, Fittipaldi vê primeira classificação na F1 “um pouco sofrida” em Sakhir

Pietro Fittipaldi teve de ajudar Kevin Magnussen no treino classificatório do GP de Sakhir, cedendo vácuo. O brasileiro fez o pior tempo, mas largaria em último de qualquer jeito por punição

Pietro Fittipaldi segue vivendo momentos especiais na carreira em Sakhir. O fim de semana de estreia na Fórmula 1 trouxe o primeiro treino classificatório, neste sábado (5). O resultado, entretanto, não foi dos melhores: o brasileiro da Haas teve a pior volta de todas, sendo forçado a largada em 20° e último no GP de Sakhir.

A classificação já estava destinada a ser tumultuada por conta da troca de elementos da unidade de potência, acarretando em perda de posições no grid. Isso levou a Haas a focar em Kevin Magnussen, 16° no grid.

“Foi minha primeira classificação na F1 e é claro que eu estava ansioso para isso”, disse Fittipaldi. “Eu sempre amei classificações porque é quando o carro está melhor, com pneus novos e você pode acelerar de verdade. Sabendo que eu teria a punição no grid, a equipe decidiu que a melhor estratégia seria ajudar o Kevin [Magnussen] na segunda e na terceira tentativa, dando vácuo na reta principal”, seguiu.

Pietro Fittipaldi é estreante na F1 (Foto: Haas)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Fizemos isso. Claro que eu precisava acertar minha volta depois disso, e foi um pouco sofrido. No fim das contas, foi a melhor coisa para a equipe. Eu já tenho agora a minha primeira classificação e estou ansioso para a corrida”, destacou.

Fittipaldi disputa o GP de Sakhir como substituto de Romain Grosjean. O francês ainda se recupera do acidente horrendo da semana passada, do qual escapou com mãos queimadas – mas vivo.

A pole-position ficou com Valtteri Bottas. O finlandês derrotou George Russell, mas por margem mínima. Max Verstappen completou o top-3, também sonhando com a posição de honra no grid de largada.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube