Bottas diz que agir como Rosberg apenas deixaria Hamilton “com raiva e melhor”

Provocar? Esconde o jogo? Para Valtteri Bottas, seguir as táticas de Nico Rosberg em seus tempos de Mercedes apenas dificultaria mais o trabalho contra Lewis Hamilton

Valtteri Bottas não consegue acompanhar o ritmo de Lewis Hamilton – foi assim em todas as temporadas desde que chegou à Mercedes, como substituto de Nico Rosberg. Uma possível ideia para que o finlandês pudesse apertar o jogo contra o britânico seria agir como o alemão, que conquistou seu título mundial em cima do companheiro de equipe. Ou não.

Quem descarta essa possibilidade é o próprio Bottas: para ele, imitar as táticas de Rosberg contra Hamilton, escondendo o jogo, dados, provocando, só fortaleceria o parceiro de Mercedes.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Valtteri Bottas e Lewis Hamilton (Foto: Mercedes)

“Eu quero mostrar do que sou capaz com meu desempenho na pista e correr de uma maneira justa. Conheço bem Lewis, e sei que não há benefício algum em criar jogos mentais contra ele. Poderia até incomodá-lo, mas estaria gastando minha energia nisso. E mais, acho que essa abordagem o deixaria com mais raiva e o faria pilotar ainda melhor”, analisou o finlandês.

“Acho que nossa força é que realmente agimos como uma equipe. Claro, corremos um contra o outro de forma dura, mas para por aí. Sabemos bem que a equipe só vai se beneficiar se houver cooperação mútua”, seguiu.

“Então, não vou esconder dados dele, nem nada similar. Espírito de equipe é sempre subestimado no esporte, na minha opinião, e é muito importante manter a motivação e não gerar conflitos”, encerrou.

O pensamento de Bottas lembra algo dito por Hamilton recentemente: “Não é fácil ser meu companheiro de equipe, sabe? Quando falo sobre as pessoas precisarem dar a Valtteri o devido respeito, acho que você tem de lembrar contra quem ele está lutando”, comentou o heptacampeão ao site da Fórmula 1.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube