Bottas lamenta batida de Pérez na largada do GP de Las Vegas: “Quebrou meu difusor”

Valtteri Bottas afirmou que um toque de Sergio Pérez na largada do GP de Las Vegas encerrou suas chances de conseguir um bom resultado na corrida, já que deixou danos extensos na parte traseira do carro e afetou consideravelmente seu rendimento

Depois de garantir mais uma ida ao Q3 no GP de Las Vegas, sua segunda nas últimas três corridas da Fórmula 1, Valtteri Bottas esperava somar pontos e contribuir com a Alfa Romeo no Mundial de Construtores ao largar na sétima posição do grid. No entanto, tudo foi pelos ares na primeira curva, e uma rodada de Fernando Alonso logo à sua frente complicou a situação. Tentando evitar o espanhol, o finlandês diminuiu a velocidade e acabou acertado na traseira por Sergio Pérez, o que danificou seriamente seu difusor.

Bottas até foi aos boxes para trocar a asa dianteira, mas o estrago na traseira já estava feito e o piloto não conseguiu mais extrair ritmo do carro ao longo da prova. No fim, o 17º lugar trouxe bastante frustração, já que Valtteri sentiu que poderia conseguir algo muito melhor.

“O principal [problema] foi a batida na traseira, aquilo danificou demais meu difusor. Consegui olhar depois da corrida e vi que várias partes estavam quebradas. Então, isso explica muita coisa”, explicou Bottas, que apontou Pérez como o responsável pelo toque.

“É [frustrante], claro”, admitiu. “Acho que tínhamos uma boa oportunidade, o carro parecia bom. Mas, para mim, o ritmo de corrida segue desconhecido depois dos danos que tive. Mas o que se pode fazer? Às vezes, as coisas acontecem desta forma”, lamentou.

Bottas trocou a asa nos boxes, mas o estrago no difusor não permitiu uma recuperação (Foto: AFP)

Em uma largada marcada por erros e rodadas, Carlos Sainz — que também sofreu e chegou a acertar Lewis Hamilton — culpou os carros utilizados no desfile dos pilotos antes da corrida, que teriam deixado vestígios de óleo na pista.

Bottas admitiu não ter percebido a sujeira no asfalto, mas argumentou que, pelo baixíssimo nível de aderência no início da prova — mesmo para alguém que já esperava um traçado escorregadio —, é provável que algum fator externo tenha realmente influenciado na confusão.

“Larguei na parte de fora e, para mim, já estava esperando pouca aderência. Mas estava extremamente baixa, então, [o óleo na pista] é um bom ponto. Poderia ter algo ali”, analisou.

A largada do GP de Las Vegas trouxe graves problemas de aderência (Foto: F1 TV)

Frustrado com o fim de semana em Las Vegas, Bottas revelou que chegou a ficar doente alguns dias antes da corrida. Depois do incidente na curva 1, a etapa americana acabou arruinada de vez para o finlandês.

“[O fim de semana] não foi bom. Tive um problema no estômago há alguns dias, e isso continuou piorando até a véspera da corrida. O pior veio no dia anterior, mas, depois, melhorei. No fim, depois do que aconteceu na corrida, não foi o fim de semana mais divertido para mim”, admitiu.

Por fim, apesar da lamentação sobre o resultado, Bottas aprovou o traçado da pista americana. Segundo ele, o GP de Las Vegas merece um lugar no calendário da Fórmula 1 para os próximos anos. Questionado sobre a necessidade de fazer ajustes na pista, que viu uma tampa de bueiro destruir o carro de Sainz no TL1, o piloto não demonstrou preocupação sobre o assunto.

Sem pontos, Bottas saiu frustrado de Las Vegas (Foto: Alfa Romeo)

“Sempre achei que seria uma boa pista para correr. Acho que a corrida mostrou isso”, destacou. “Teria sido bom fazer parte disso, mas fui um alvo fácil [depois dos danos]. Acho que ela merece um lugar no calendário. Não acho [que o circuito precise melhorar]”, elogiou.

Fórmula 1 retorna neste final de semana, entre os dias 24 e 26 de novembro, com o GP de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, 22ª e última etapa da temporada 2023. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.