Bottas revela que não falou com Russell, mas que acidente de Ímola ficou no passado

Depois do pedido de desculpas de George Russell e conselhos dados por Toto Wolff, Valtteri Bottas optou por deixar para trás as mágoas sobre o acidente, em Ímola, para seguir em frente no campeonato

Assim como para George Russell, Valtteri Bottas deixou claro que o polêmico acidente no GP da Emília-Romanha, em Ímola, são águas passadas. Isso porque, nesta quinta-feira (29), o piloto da Mercedes fez questão de dizer que o episódio entre os dois competidores é “história”, ficou para trás, e que o finlandês está pronto para seguir em frente.

“Para ser sincero, não falamos depois da corrida, após a reunião com os comissários. Tive uma chamada perdida na manhã de segunda-feira, mas ainda estava dormindo. Só não nos falamos”, explicou Bottas. “Mas tenho certeza de que é o mesmo para George. Está feito, é passado. George pediu desculpas e é hora de seguir em frente”, disse.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

O acidente no trecho da Tamburello causou o abandono de ambos pilotos e uma bandeira vermelha. No entanto, para Bottas, nenhuma sequela foi herdada do acidente e que está pronto para o desafio deste fim de semana, em Portimão.

“Estou me sentindo bem e pronto para o fim de semana”, garantiu o nórdico. “Nunca é divertido quando estamos nessa situação, mas obviamente poderia ter sido muito pior e estou feliz por não ter havido lesões. Na verdade, na quarta-feira seguinte, estava de volta à pista em Imola para o teste da Pirelli e me sinto bem.”

VALTTERI BOTTAS; GP DA EMÍLIA-ROMANHA; ÍMOLA; MERCEDES; F1
Valtteri Bottas após o forte acidente no GP da Emília-Romanha (Foto: Twitter/Valtteri Bottas/Kym Illman)

Por fim, o dono do carro de número #77 também compartilhou a conversa que teve com o chefe de equipe da Mercedes, Toto Wolff. De acordo com Valtteri, o dirigente o aconselhou a seguir em frente, porém atento aos erros da corrida anterior.

“Conversamos depois apenas para repassar a situação, o que é normal”, falou. “Mas, além disso, concordamos em pegar os aspectos positivos e aprender com os negativos e seguir em frente. Um ponto positivo com certeza é que foi apenas a segunda corrida da temporada e ainda faltam 21.”

Bottas fez uma corrida regular no Bahrein e terminou na terceira colocação, mas foi mal em Ímola e amargava o fim do top-10 quando foi tirado da corrida. Atualmente, o finlandês tem 16 pontos e é o quinto no campeonato, 28 tentos atrás do líder e companheiro de equipe, Lewis Hamilton.

Fórmula 1 segue neste fim de semana com o GP de Portugal, em Portimão. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades AO VIVO e EM TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube