Bottas se vê capaz de brigar pelo título “com toda certeza”. Desde que tenha “cabeça boa”

Valtteri Bottas sabe da sua capacidade como piloto e do quão forte pode ser na luta interna da Mercedes contra Lewis Hamilton, o que foi mostrado em algumas corridas e também em determinadas classificações no ano passado. Mas o finlandês também é ciente de que, para ser um concorrente direto ao título, precisa absorver menos pressão externa e, consequentemente, evoluir no aspecto mental

A Mercedes apresentou o W12 E Performance para buscar o oitavo título mundial da Fórmula 1 em 2021 (Vídeo GRANDE PRÊMIO e Mercedes)

Nas duas últimas temporadas, Valtteri Bottas abriu os respectivos campeonatos com uma performance de gala: com vitórias incontestáveis na Austrália, em 2019, e na Áustria, no ano passado. No entanto, para citar o trabalho realizado em 2020, o finlandês de 31 anos não conseguiu manter o nível da corrida inicial e apresentou performances que variaram muito de nível, de atuações muito seguras como no fim de semana que marcou sua vitória no GP da Rússia à errática corrida em que rodou seis vezes no asfalto traiçoeiramente úmido do GP da Turquia e viu Lewis Hamilton conquistar o heptacampeonato mundial de Fórmula 1 com três provas de antecipação.

Adepto a discursos motivacionais, Bottas já se viu em versões 2.0 e 3.0, mas não conseguiu ter um desempenho tão linear como o do seu companheiro de equipe na Mercedes. Valtteri, em entrevista veiculada pelo site oficial da Fórmula 1, afirmou que tem todos os predicados suficientes para lutar pelo título. Mas também lembrou que, para chegar ao Olimpo do esporte a motor, é preciso ter a mente sã e não se abater tanto com a pressão, principalmente a que vem de fora, como foi nos últimos anos.

VALTTERI BOTTAS; BOTTAS; MERCEDES; FÓRMULA 1; F1 2021
Bottas entende que detectou o que falta para ser um concorrente real ao título da F1 (Foto: Mercedes)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

WEB STORIES: Tudo sobre os lançamentos dos carros da F1 2021

“Com toda certeza, eu acredito que posso brigar pelo título e com certeza esse é meu objetivo para a temporada. É a minha meta, mas é um caminho muito longo a percorrer e sabemos que isso deve ser trilhado passo a passo”, explicou.

Com 9 vitórias no currículo, sendo duas dela no último ano [Áustria e Rússia], o finlandês reconhece que seu desempenho foi muito afetado no passado por não saber gerir da melhor forma a pressão que sofre. O ponto positivo para o finlandês é ter detectado, durante suas férias de inverno neste começo de ano, aquilo que considera um problema que atrapalha sua performance como um todo.

“Em alguns de meus anos na Fórmula 1, definitivamente eu me pressionei muito. E houve vezes em que absorvi muita pressão de fora e vice-versa. Talvez não tenha havido pressão suficiente o bastante da minha parte. Isso tudo é relacionado a buscar o equilíbrio e saber assumir o controle”, salientou.

O principal, na visão do dono do carro #77, é reconhecer e falar sobre a questão. “A única coisa a fazer é deixar a equipe por dentro a respeito de como ela me pressiona, é conversar sobre essas coisas. O mesmo para mim. Preciso ser honesto com todo mundo e encontrar uma boa maneira de estar com uma cabeça boa a cada GP. Mas essa é a parte complicada em todos os esportes: nunca houve um atleta que teve 100% de sua capacidade de desempenho sempre. Mas tenho de chegar lá com mais frequência”, salientou.

Valtteri se esquivou quando perguntado sobre como tem trabalhado o aspecto mental e disse que não descarta contratar um psicólogo para conseguir torná-lo mais forte. “É um assunto pessoal e não quero compartilhar todas minhas técnicas. Mas, como disse antes, é algo que foquei mais intensamente durante o inverno e vou focar mais ainda ao longo da temporada. Se precisar, terei ajuda profissional. Se não, usarei meu espelho”, concluiu.

Em menos de uma semana, na próxima sexta-feira, Bottas vai se reunir aos demais pilotos do grid da Fórmula 1 na temporada 2021 para a abertura dos testes de inverno marcados para Sakhir, no Bahrein. A sessão acontece entre os dias 12 e 14 de março, de sexta-feira a domingo da próxima semana. Já a abertura da temporada está marcada para 26 a 28 de março, também no Bahrein. Tudo com a cobertura completa do GRANDE PRÊMIO.

A Fórmula 1 lançou a prévia da terceira temporada da série ‘Drive to Survive’ (Vídeo: Netflix/Divulgação)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube