Bottas vê regulamento da F1 2026 “na direção certa”: “Ainda não vi sinal de alerta”

Apesar de admitir preocupação com alguns aspectos do novo regulamento, Valtteri Bottas aprovou a maior parte das mudanças que acontecerão nos carros da Fórmula 1 a partir de 2026

Presente em Montreal para participar do GP do Canadá neste fim de semana, Valtteri Bottas resolveu dar a sua opinião sobre o que ele ficou sabendo até agora em relação ao novo regulamento da Fórmula 1 para 2026, anunciado nesta quinta-feira (6) pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA). O finlandês elogiou a maior parte das mudanças, mas admitiu preocupação ao saber que os novos carros terão menos downforce do que os atuais.

Embora a entidade máxima do esporte tenha permitido a continuidade do conceito do efeito solo, os bólidos também terão outra concepção daqui a dois anos. Os modelos vão se tornar mais curtos, estreitos e mais leves, pesando 768 kg (722 kg de peso entre carro e piloto + 46 kg como massa estimada do pneu) e sendo, portanto, 30 kg mais leves que a geração atual, com melhorias na eficiência e capacidade de gerenciamento.

“Uma mudança de regulamento é sempre emocionante, pois traz oportunidades para equipes diferentes. É bom ver essa mudança”, disse Bottas aos repórteres presentes no circuito Gilles Villeneuve. “Gosto que os carros sejam um pouco menores. Obviamente, é um passo pequeno, mas acho que estamos na direção certa. A mesma coisa em relação ao peso. Isso é bom”, continuou.

O primeiro grande passo para mudar o campeonato foi dado no ano passado com a aprovação da nova configuração das unidades de potência. A F1 concordou em manter o motor turbo híbrido V6, mas com ajustes fundamentais para ampliar a noção de sustentabilidade e a redução dos custos. Ficou definido o aumento de energia elétrica nas unidades, o fim do MGU-H (peça utilizada para recuperação de energia), e um novo MGU-K que gera o triplo de potência.

O novos carros terão um novo MGU-K, com o triplo de potência do anterior
O novos carros terão um novo MGU-K, com o triplo de potência do anterior

:seta_para_frente: Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
:seta_para_frente:Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

“Ainda não experimentei as novas configurações da unidade de potência no simulador, por exemplo, então não posso falar muito sobre isso. Mas se tivermos mais potência e um pouco mais de liberdade no uso de energia para utilizar em estratégias, acho que isso é positivo. Então, por enquanto, não vejo nenhum sinal de alerta”, explicou o piloto da Sauber.

De acordo com o diretor de monopostos da FIA, Jan Monchaux, os carros de 2026 terão menos downforce com o objetivo de deixar o grid mais próximo e facilitar as ultrapassagens. Bottas, no entanto, não acredita que esse seja um problema da F1 atual, frisando que o foco maior deveria estar nas mudanças que devem ser feitas em alguns circuitos.

“Diria que a única preocupação que tenho é o desempenho geral e o nível de downforce. Ouvi alguns rumores de que teremos muito menos aderência no geral, mas não sei quanto será e acho que é isso que vamos descobrir”, observou. “Acho que o grid está muito próximo e que as corridas são interessantes, então não acho que [a dificuldade de ultrapassar] seja um problema. Em algumas pistas é muito difícil, mas isso é algo que ainda precisa de muito foco, mas pelo que vi, teremos um pouco mais de ação”, finalizou Bottas.

GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e EM TEMPO REAL todas as atividades do GP do Canadá de Fórmula 1 e transmite classificação e corrida em segunda tela, em parceria com a Voz do Esporte, na GPTV, o canal do GP no Youtube. Além disso, debate tudo que aconteceu na pista com o Briefing após classificação e corrida. Na sexta-feira (7), o TL1 está marcado para as 14h30 (de Brasília, GMT-3), enquanto o  TL2 encerra o dia às 18h. No sábado, o TL3 abre as atividades às 13h30, ao passo que a classificação está marcada para as 17h. Por fim, a largada está marcada para as 15h do domingo.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.