Vergne espera atmosfera “um pouco como corrida do Catar da MotoGP” com prova noturna no Bahrein

Às vésperas do GP do Bahrein, Jean-Éric Vergne avaliou que a prova deste ano terá uma atmosfera parecida com a GP do Catar de MotoGP. Corrida deste fim de semana é a primeira noturna do circuito de Sakhir

A cobertura completa do GP do Bahrein no GRANDE PRÊMIO
icone_TV Automobilismo na TV: a programação do fim de semana

O Mundial de F1 desembarca no Bahrein neste fim de semana para realizar a terceira etapa da temporada 2014. Sakhir, entretanto, não é um circuito estranho para os pilotos e seus novos carros, já que o traçado barenita recebeu duas baterias de testes da pré-temporada 2014.

 
Apesar das diferenças dos novos carros, que contam com motores V6 turbo, Jean-Éric Vergne avaliou que pouca coisa muda, apenas alguns aspectos do estilo de pilotagem de cada um.
Daniil Kvyat e Jean-Éric Vergne lembraram teste prévio feito na pista do Bahrein (Foto: Getty Images)
“Sakhir será a primeira pista neste ano onde nós já guiamos o novo carro, já que tivemos duas sessões de testes lá”, lembrou. “Em relação aos novos carros, apesar de todas as mudanças técnicas, eles não são tão diferentes de pilotar quando comparados com os modelos de 2013. Você ainda tem um volante, um acelerador e um freio!”, comentou. 
 
“Tem alguns aspectos da sua pilotagem que você tem que adaptar, mas a verdadeira mudança está do lado da unidade de potência, em termos de quando e como você vai trabalhar para economizar combustível durante a corrida, comparado com ir com tudo em uma volta de classificação”, justificou.
 
Mesmo sem esperar grandes mudanças na forma de pilotagem, Vergne avaliou que o GP do Bahrein de 2014 terá uma atmosfera diferente, como o GP do Catar de MotoGP, única prova noturna do calendário do Mundial de Motovelocidade.
 
“Acho que o GP deste ano será bastante especial, já que será a primeira vez que vamos correr neste circuito durante a noite. Acho que será legal e vai trazer uma atmosfera especial para esta corrida, parecendo um pouco com a corrida do Catar da MotoGP”, comparou. “A pista em si não tem nada fora do comum, com o compromisso aerodinâmico normal, então o carro é rápido na reta, mas ainda tem downforce suficiente para todas as curvas”, completou.
 
Companheiro do francês na Toro Rosso, Daniil Kvyat lembrou que este será o primeiro circuito do calendário onde ele já tem uma experiência prévia com o carro da F1, mas assegurou que isso não vai modificar sua abordagem.
 
“É um circuito legal, bom para testar e para correr, com suas longas retas e freadas duras, assim com um misto de curvas desafiadoras, como a curva dez”, falou. “Estou ansioso para correr lá, já que será a primeira pista em que vou pilotar neste ano onde eu já testei. Mas, de fato, isso não faz muita diferença na minha abordagem, pois qualquer que seja a pista para onde vou, tenho que aprender rapidamente”, concluiu.
Viaje para Mônaco e acompanhe o GP mais tradicional do Mundial da F1 com o GRANDE PRÊMIO por um PREÇO ESPECIAL. Veja o pacote aqui:

Foto: Mais uma novidade nesta semana de início da F1: leitor/seguidor do GRANDE PRÊMIO tem preço especial na compra dos pacotes com a AMK Viagens. Já pensou em ir para Mônaco e acompanhar essa F1 imprevisível no glamour do Principado? Dica de amigo: dá uma olhadinha, fala com os amigos e entra em contato com o Edgar Efeiche para uma viagem em alta velocidade: http://www.amkviagens.com.br/2011/index.php/terrestres_internacionais/ver/104

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube