Verstappen afirma que críticas em 2018 “ajudaram muito” e destaca final de temporada mais forte

Max Verstappen reconheceu que é importante seguir crítico quando se comete erros na F1. O holandês afirmou que as críticas feitas pela Red Bull o ajudaram a melhorar como piloto e o tornar mais forte

Max Verstappen reconheceu a importância de receber críticas em 2018. O holandês afirmou que mereceu ouvir palavras mais duras de Helmut Marko, consultor da Red Bull, para poder crescer e melhorar como piloto.
 
Na parte inicial da temporada, o #33 cometeu diversos erros, como se acidentar com Sebastian Vettel na China, ou bater no último treino livre de Mônaco, perdendo a classificação. Em ambas as situações, foi Daniel Ricciardo quem venceu as corridas.
 
Avaliando seu desempenho, o holandês afirmou que a maneira como ele e a equipe lidaram com os episódios foi importante para mais tarde na temporada. “As primeiras seis corridas não foram exatamente positivas, mas aprendi muito”, disse em entrevista ao ‘Servus TV’.
Max Verstappen (Foto: Pirelli)

“Definitivamente me ajudou nas provas seguintes. Toda a minha vida eu trabalhei junto com meu pai, e ele é muito duro também. Claro, isso é uma coisa boa. Me trouxe para a F1, claro que com o apoio da Red Bull e Helmut [Marko]”, seguiu.
 

“Mas você precisa continuar crítico, e isso foi necessário após os finais de semana na China e Mônaco. Falamos sobre isso. Essas coisas não podem acontecer, mas às vezes você precisa passar por isso para se tornar mais forte”, pontuou.
 
O piloto ainda aproveitou para falar sobre 2019, minimizando o forte final de 2018, dizendo que traz pouco efeito para a temporada deste ano, especialmente pela chegada da Honda. “É difícil dizer já que não sabemos o que os outros estão fazendo. Do nosso lado, as coisas estão positivas e todos muito motivados”, explicou.
 
“Isso é importante e maravilhoso de ver. Não acredito que terminar o ano importa muito, apenas precisamos ter certeza do começo, que estamos um pouco mais próximos e então podemos mesmo brigar com eles mais cedo, pois durante a temporada nosso carro parece evoluir bem”, seguiu.
 
“Isso definitivamente nos ajudou no final da temporada novamente [tanto em 2017 como 2018]. Apenas precisamos disso um pouco mais cedo do que na temporada passada”, encerrou. 
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube