Verstappen cita dificuldades na corrida, mas fica feliz por “dividir as Mercedes” na Rússia

Max Verstappen fez uma corrida solitária em Sóchi. Sem alcançar Valtteri Bottas, terminou a prova na segundo lugar e novamente dividiu os carros da equipe rival. E, por isso, ficou bem feliz

Max Verstappen largou em segundo e terminou o GP da Rússia na mesma posição, novamente separando a dupla da Mercedes. Apesar de ter feito uma corrida solitária, o piloto da Red Bull gostou do resultado final.

O holandês foi superado prr Valtteri Bottas, o vencedor, na largada e caiu para terceiro. Depois, contou com as punições sofridas por Lewis Hamilton para ganhar o segundo posto. Disputas na pista? Verstappen não viu as Mercedes, mas isso não foi problema.

“Por dividir os carros da Mercedes, estamos satisfeitos. Estava apenas tentando fazer minha própria corrida. Estou feliz com o segundo lugar após dois abandonos”, declarou o piloto da Red Bull.

Max Verstappen ficou em segundo lugar no GP da Rússia (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

O safety-car entrou na pista de Sóchi para retirar os carros de Lance Stroll e Carlos Sainz Jr., que envolveram-se em diferentes acidentes na primeira volta. Verstappen disse que o ritmo de corrida não foi bom no início, mas depois melhorou durante a prova.

“Após a relargada, estava um pouco lento com os pneus médios, mas depois colocamos os compostos duros e fomos competitivos. Dividimos as Mercedes, então estamos felizes com isso”, finalizou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube