Verstappen dá de ombros para ano positivo de Sainz: “O companheiro é novato”

Max Verstappen afirmou que ele e Carlos Sainz, ex-companheiros dos tempos de Toro Rosso, têm uma boa relação. Mesmo assim, o vencedor deu uma minimizada forte na temporada do espanhol na última quinta-feira, durante sessão de entrevistas em Interlagos

Carlos Sainz é o maior pontuador da temporada entre aqueles pilotos que não estiveram no grupo – está empatado, na realidade, com Pierre Gasly, que passou mais da metade da temporada na Red Bull. No GP do Brasil, inclusive, foi ao pódio. Mas antes da corrida de Interlagos, ainda na quinta-feira de entrevistas em São Paulo, Max Verstappen foi questionado sobre o ex-companheiro. Apesar de dizer que se davam bem, colocou interrogações na temporada que faz o espanhol.

 
Questionado sobre Sainz em entrevista na qual o GRANDE PRÊMIO estava presente, Verstappen avaliou bem o carro da McLaren e lembrou que o panorama era bem diferente em 2018.
 
"É difícil dizer [qual o nível da temporada dele]. Ano passado, Nico [Hülkenberg] também ficou bem na comparação com Carlos”, lembrou. 
Carlos Sainz (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Realmente, em 2018, Sainz anotou 53 pontos contra 69 de Nico Hülkenberg quando ambos dividiam a Renault. O espanhol acabou enxotado após a contratação de Daniel Ricciardo e encontrou na McLaren, no espaço do amigo Fernando Alonso, a vaga para dar sequência à carreira. Lá, encontrou pela frente um piloto tratado como o futuro dos ingleses: Lando Norris.
 
“O carro da McLaren é bom – não é como o top-3, mas definitivamente não é ruim – e ele tem um novato como companheiro. Lando é rápido, mas ainda está aprendendo, o que é normal. É um bom piloto, é rápido e um cara legal [Sainz]. A gente dá umas risadas juntos”, encerrou.
 
Verstappen, é bom lembrar, começou a carreira como companheiro de Sainz na Toro Rosso, em 2015. Os dois tiveram desentendimentos naquela época, até Max ser promovido à Red Bull em meados de 2016. Sainz permaneceu na Toro Rosso até o segundo semestre de 2017, quando foi emprestado para a Renault. 
 

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube