Verstappen descarta novas vitórias em 2019: “Preciso ser realista”

Vencedor na Áustria e na Alemanha, Max Verstappen não crê que subirá no lugar mais alto do pódio novamente em 2019. Para o holandês, time precisa se contentar com pódios na reta final da temporada, visto o grande desempenho de Mercedes e Ferrari, que devem brigar pelos triunfos nas corridas restantes

A próxima etapa da Fórmula 1 acontece no México, no dia 27. O desembarque no Autódromo Hermanos Rodríguez poderia significar algo bom para Max Verstappen e a Red Bull, vitoriosos nas últimas duas edições da corrida, mas as expectativas do holandês não estão altas antes da 18ª etapa do Mundial.
 
Sem vencer desde o épico GP da Alemanha, em julho, Verstappen se viu em fase diferente após as férias da F1. Com abandonos na Bélgica e no Japão, o melhor resultado do holandês nas últimas cinco corridas foi o terceiro lugar em Singapura, e ele crê que a equipe não vencerá mais provas em 2019.
 
"Eu não acho que existe alguma pista nesta temporada onde podemos fazer um bom trabalho. Se pudermos fechar perto do pódio a cada fim de semana, penso que é o máximo para nós no momento", declarou o piloto holandês em um evento da patrocinadora Tag Hauer.
Max Verstappen (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
Com os resultados recentes, Verstappen caiu para a quarta posição no Mundial de Pilotos, atrás de Charles Leclerc e empatado com Sebastian Vettel. O holandês de 22 anos elogiou a potência da Ferrari nas retas, e crê que o time austríaco precisa se contentar com pódios nas etapas finais da temporada.
 
"Você precisa ser realista. É claro que fomos bem lá nos últimos dois anos, mas esta temporada até aqui foi um pouco mais difícil, principalmente pelo balanço do carro. Não esperamos repetir o resultado agora, especialmente com a Ferrari rápida nas retas neste ano. Então, se pudermos brigar pelo pódio, teremos feito um bom trabalho", concluiu.
Paddockast #38
CORRIDAS POLÊMICAS DA F1

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube