Verstappen dispara contra Rosberg: “Não tem carisma” e poderia “ter pilotado melhor”

Nico Rosberg criticou a agressividade excessiva de Max Verstappen na Bélgica, um comentário que não foi bem recebido. O holandês disse que o alemão só quer audiência no YouTube, buscando dinheiro que “poderia ter se pilotasse melhor”

O canal de Nico Rosberg no YouTube não caiu no gosto de Max Verstappen. O alemão, que usa a plataforma para analisar a Fórmula 1, disse que o holandês foi agressivo demais ao causar acidente com Kimi Räikkönen na largada do GP da Bélgica. A crítica não foi bem recebida, com Max acusando Nico de apenas tentar ‘bombar’ o canal, apesar de “não ter carisma”.
 
“Acho que ele é o novo Jacques Villeneuve”, disse Verstappen, fazendo referência aos comentários controversos do canadense. “Eu já deixei para trás, mas parece que todas as vezes o Rosberg quer dar uma opinião contrária. Talvez ele queria atrair visualizações ou algo assim, acontece muito seguido. No começo desse ano ele me chamou de narcisista, e isso é algo muito extremo”, recordou.
Nico Rosberg foi alvo de críticas pesadas de Max Verstappen (Foto: Reprodução)

Verstappen dá sequência à teoria de que Rosberg só quer mais audiência no canal. Só que não entende porque o alemão tenta fazer dinheiro na internet, e não mais nas pistas.

 
“Ele não tem carisma e não chega a lugar algum, isso é outro problema dele. Talvez ele queira fazer dinheiro com o canal dele no YouTube. Só que ele poderia ter muito mais dinheiro se tivesse pilotado melhor”, alfinetou.
 
Rosberg se afastou em definitivo da Fórmula 1 ao fim de 2016, após conquistar o título mundial. A manobra foi recebida com surpresa, dada a decisão de se afastar no auge. De lá para cara, Nico se afastou do paddock, apesar de ainda atuar como comentarista nas TVs britânica e alemã.

Paddockast #31
QUEM NA F1 PASSA DE ANO?

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube