Verstappen revela briga com vento na França e depende de sorte para ir ao pódio

Quarto colocado no grid de largada do GP da França, Max Verstappen entende que tirou o máximo do seu carro e a posição foi o melhor que poderia ter conseguido nesta tarde de sábado (22) em Paul Ricard. Entretanto, o holandês entende que Charles Leclerc e a Ferrari têm vantagem na luta por um lugar no top-3

Em uma classificação marcada por mais um domínio da Mercedes, pole-position de Lewis Hamilton e Charles Leclerc como coadjuvante de luxo, Max Verstappen não conseguiu brilhar nesta tarde de sábado (22) em Paul Ricard. O holandês ficou a 1s090 do tempo da pole ao marcar 1min29s409 e vai largar na quarta colocação, dividindo a segunda fila com o monegasco da Ferrari.
 
O jovem piloto da Red Bull foi mais um a se queixar da influência dos ventos e se sentiu prejudicado em uma das voltas rápidas no Q3. No entanto, Verstappen entende que o quarto lugar no grid foi o máximo possível neste sábado.

Max Verstappen entende que depende da sorte para ir ao pódio em Paul Ricard (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

“A volta em si não foi limpa, o carro teve um comportamento meio estranho, então precisamos checar isso. Mas maximizamos nossa posição e é bom estar na segunda fila”, explicou Max em entrevista coletiva.

 
“Os carros são muito sensíveis ao vento, e minha primeira volta no Q3 foi assim, mas você tem de lidar com isso”, salientou o holandês, resignado com a dificuldade climática enfrentada pelos pilotos neste fim de semana em Le Castellet, localizada ao sul da França.
 
Para a corrida deste domingo, Verstappen entende que Leclerc e a Ferrari têm boa vantagem na luta por um lugar no top-3 em Paul Ricard. “Precisamos de um pouco de sorte para estar no pódio, mas vamos dar o nosso melhor”, concluiu.
 
A largada do GP da França de F1, oitava etapa da temporada 2019, está marcada para 10h10, horário de Brasília. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.
 

Paddockast #22
O que torna uma corrida de qualquer categoria legal? E chata?

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube