Verstappen voa no fim, bate Hamilton e coloca Red Bull na ponta no terceiro treino livre do GP do México

Max Verstappen voou na parte final da última sessão de treinos antes da classificação e foi capaz de colocar a Red Bull na ponta neste sábado (28). Lewis Hamilton ainda salvou a Mercedes com um segundo lugar no instante final, se colocando entre os dois carros austríacos. Daniel Ricciardo foi o terceiro colocando, enquanto Nico Rosberg terminou em quarto

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
Se na sexta-feira a Ferrari havia ensaiado se colocar como ameaça à Mercedes no Hermanos Rodríguez, neste sábado (29) a Red Bull contou uma história diferente para o GP do México. Lançando mão dos pneus supermacios na parte final da sessão e contando com um 'azar' da Mercedes, Max Verstappen voou nos minutos finais, para tirar Lewis Hamilton da ponta da tabela de tempos. O holandês cravou 1min19s137, pouco mais de um décimo mais veloz que o tricampeão da Mercedes, que se viu em meio ao trânsito intenso nos momentos finais das atividades e pouco pode fazer. 

Daniel Ricciardo ainda tentou melhorar no fim, mas acabou mesmo em terceiro. Nico Rosberg também saltou para quarto nos instantes finais, trazendo consigo Valtteri Bottas, em uma forte quinta posição para a Williams. Sebastian Vettel e Kimi Räikkönen apareceram na sequência, em sexto e sétimo. Felipe Massa terminou em oitavo, à frente de Nico Hülkenberg e Carlos Sainz, que fecharam o top-10. Felipe Nasr acabou na última posição.

A F1 retorna às 16h (de Brasília), para a definição das posições de largada para a etapa mexicana, a antepenúltima da temporada 2016. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO  e em TEMPO REAL.

Max Verstappen durante o primeiro treino livre da F1 no México (Foto: Red Bull Content Pool)

Confira como foi o terceiro treino livre do GP do México de F1

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Em um clima mais frio que a sexta-feira, a terceira sessão de treinos livres foi aberta pelo piloto da casa Esteban Gutiérrez, que deixou os boxes para sua primeira volta de instalação no Hermanos Rodríguez. O colega de Haas, Romain Grosjean, também saiu na sequência. Aí vieram Jenson Button, Pascal Wehrlein e Esteban Ocon. E foram os dois pilotos da Manor que registraram os primeiros tempos do TL3. O francês virou 1min24s142 e se pôs na frente do colega de equipe. E ambos andando com os macios.

 
Logo em seguida, os dois postulantes ao título saíram à pista, também com os amarelos. Mas os dois precisaram de duas voltas para começar a mostrar um ritmo mais competitivo. Assim, Hamilton surgiu melhor com 1min20s158. Rosberg se colocou 0s4 atrás, na segunda colocação. Nico Hülkenberg apareceu em terceiro, à frente de Wehrlein, Ocon, Pérez, Carlos Sainz e Daniil Kvyat. 
 
Hamilton, então, melhorou ainda mais em uma volta limpa. O inglês virou 1min19s721, andando ainda com os macios. Rosberg ainda era segundo, mas Sainz já surgia em terceiro, com Pérez em quarto e Hülk em quinto. Foi nessa fase da sessão que Felipe Massa saiu com os supermacios – o brasileiro foi o primeiro a sair com os supermacios. E aí Felipe se pôs em quarto, com 1min20s747. 
 
Algum tempo depois, Sebastian Vettel também iniciou seu stint com os pneus macios. E logo apareceu em segundo, a pouco mais de dois de décimos atrás. Mas a posição ficou pouco nas mãos do tetracampeão. Isso porque a Red Bull também enviou seus pilotos com os macios. E assim, Max Verstappen entrou na marca de 1min19s959. Mas Daniel Ricciardo logo virou 1min19s950 e assumiu o lugar do holandês.
Daniel Ricciardo se colocou em segundo  (Foto: Red Bull Content Pool)
Dessa forma, a ordem era: Hamilton, Ricciardo, Verstappen, Vettel, Rosberg, Bottas, Sainz, Massa, Pérez, Räikkönen, Hülkeberg, Kvyat, Magnussen, Palmer, Grosjean, Gutiérrez, Wehrlein, Ocon, Ericsson, Nasr, Alonso e Button.

Só que aí todo mundo dediciu dedicar a parte intermediária da sessão às simulações de ritmo de corrida, usando os pneus macios. Por isso, pouca coisa mudou na ordem da tabela.

Na parte final da sessão, todo mundo voltou à pista com os pneus supermacios. Sebastian Vettel, que vinha muito veloz, acabou atrapalhando e não conseguiu melhorar.  E quem levou a melhor foi a Red Bull. Verstappen  encontrou uma volta limpa para virar 1min19s137 e assumir a ponta, Ricciardo se colocou em segundo, mas foi logo batido por Hamilton. Apesar de ter vindo à pista no meio do tráfego, o inglês também achou um espaço livre e ficou a menos de um décimo do holandês.

Entre os brasileiros, Felipe Massa foi o oitavo, enquanto Felipe Nasr terminou na última posição.

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

F1, GP do México, Hermanos Rodríguez, Treino livre 3:

1 33 MAX VERSTAPPEN HOL RED BULL TAG HEUER 1:19.137   16
2 44 LEWIS HAMILTON ING MERCEDES 1:19.231 +0.094 23
3 3 DANIEL RICCIARDO AUS RED BULL TAG HEUER 1:19.370 +0.233 17
4 6 NICO ROSBERG ALE MERCEDES 1:19.618 +0.481 27
5 77 VALTTERI BOTTAS FIN WILLIAMS MERCEDES 1:19.811 +0.674 19
6 5 SEBASTIAN VETTEL ALE FERRARI 1:19.937 +0.800 16
7 7 KIMI RÄIKKÖNEN FIN FERRARI 1:19.994 +0.857 16
8 19 FELIPE MASSA BRA WILLIAMS MERCEDES 1:19.997 +0.860 22
9 27 NICO HÜLKENBERG ALE FORCE INDIA MERCEDES 1:20.255 +1.118 21
10 55 CARLOS SAINZ JR ESP TORO ROSSO FERRARI 1:20.325 +1.188 22
11 11 SERGIO PÉREZ MEX FORCE INDIA MERCEDES 1:20.472 +1.335 20
12 26 DANIIL KVYAT RUS TORO ROSSO FERRARI 1:20.586 +1.449 20
13 14 FERNANDO ALONSO ESP McLAREN HONDA 1:20.600 +1.463 18
14 30 JOLYON PALMER ING RENAULT 1:20.959 +1.822 18
15 22 JENSON BUTTON ING McLAREN HONDA 1:21.152 +2.015 19
16 9 MARCUS ERICSSON SUE SAUBER FERRARI 1:21.245 +2.108 21
17 21 ESTEBAN GUTIÉRREZ MEX HAAS FERRARI 1:21.338 +2.201 16
18 20 KEVIN MAGNUSSEN DIN RENAULT 1:21.345 +2.208 17
19 8 ROMAIN GROSJEAN FRA HAAS FERRARI 1:21.601 +2.464 15
20 94 PASCAL WEHRLEIN ALE MANOR MERCEDES 1:21.758 +2.621 23
21 31 ESTEBAN OCON FRA MANOR MERCEDES 1:21.921 +2.784 22
22 12 FELIPE NASR BRA SAUBER FERRARI 1:22.354 +3.217 18
    TEMPO 107% Q1   1:24.677 +5.540  

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar