Vettel, 8º, afirma que há tempo para Red Bull se recuperar na Hungria

Sebastian Vettel afirmou que a Red Bull pode se recuperar do fraco desempenho nesta sexta-feira de treinos. O bicampeão lamentou a pista molhada no final da tarde, mas reconheceu que foi a mesma situação para todos

A Red Bull não teve vida fácil no primeiro dia de treinos para o GP da Hungria, nesta sexta-feira (27). Com a chuva atingindo a pista de Hungaroring no final da manhã, Sebastian Vettel terminou apenas com o oitavo tempo, enquanto Mark Webber foi o 14º. Apesar disso, o piloto alemão se mostrou confiante para o resto do final de semana ao dizer que ainda há tempo para a volta por cima da equipe rubro-taurina.

“Ainda há muito tempo para evoluirmos e precisamos melhorar em algumas coisas para o restante do final de semana, então poderemos ver onde estamos. Nós tivemos uma boa sequencia de voltas com o pneu duro, o que é importante e pudemos aprender a partir daí, mas está equilibrado”, declarou.

Sebastian Vettel lamentou a chuva na Hungria (Foto: Red Bull/Getty Images)

O bicampeão apenas lamentou a chuva no final da segunda sessão – o que impediu a equipe austríaca de completar o programa de treinos –, mas reconheceu que essa foi a mesma situação para todas as escuderias. “Infelizmente, o tempo no pegou, mas foi o mesmo para todo mundo, então vamos ver o que acontece amanha”, completou.

Mark Webber, por sua vez, também não se mostrou satisfeito com a pista molhada, mas concordou com o companheiro de equipe e se disse aliviado por a Red Bull ainda ter tempo para se recuperar.

“Nós andamos tanto com pista seca quanto molhada, mas ainda temos trabalho a ser feito. Eu não estou superfeliz com o dia de hoje, mas o bom é que ainda é sexta-feira. Parece que ficaremos bem em alguns pontos, mas estamos perdendo tempo em outro, então vamos analisar isso essa noite”, disse.

Por fim, o australiano aproveitou para dar uma alfinetada na polêmica sobre o mapeamento de motores e disse que a esquadra rubro-taurina não vai precisar se valer dessa tática para ganhar terreno em relação aos adversários. “Eu preciso trabalhar no equilíbrio do carro. E não haverá nenhuma mudança quanto ao mapeamento do motor”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube