Vettel assume 2ª colocação e Alonso segue líder. Confira classificação da F1 após GP de Cingapura

Fernando Alonso terminou a prova no circuito de Marina Bay na terceira colocação, suficiente para mantê-lo na primeira colocação do campeonato. Sebastian Vettel venceu e é o novo vice-líder da competição

Atualizada às 14h32

Fernando Alonso contou com a sorte mais uma vez na temporada neste domingo (23). Lewis Hamilton liderava com folga o GP de Cingapura, mas, com um problema no câmbio, acabou abandonando a prova quando liderava. Com isso, o piloto da Ferrari, que acabou na terceira colocação, foi aos 194 e viu o rival cair de segundo para quarto na tabela, já que não somou pontos.

Vencedor da etapa, Sebastian Vettel assumiu a segunda colocação no campeonato, com 165 pontos, 29 a menos que o líder. Outro que foi beneficiado pelo abandono de Hamilton foi Räikkönen, sexto, que subiu para terceira colocação no certame. Ainda com chances de título, Mark Webber e Jenson Button completam os seis melhores.

Com a oitava colocação no circuito de Marina Bay, Felipe Massa está em décimo no campeonato, com 51 pontos. Já Bruno Senna, que abandonou, não somou pontos e ficou estacionado com 25, na 16ª posição. Mark Webber, que havia completado a prova em décimo, teve um acréscimo de 20 segundos em seu tempo total de corrida e perdeu o resultado e o ponto conquistado. A FIA considerou que o australiano realizou a ultrapassagem em Kamui Kobayashi de forma ilegal.

Nos construtores, a Red Bull ampliou a vantagem na liderança. Agora com 297 pontos, a equipe abriu mais sete de vantagem para a McLaren, a vice-líder. Não muito atrás, Ferrari e Lotus, com 245 e 231 pontos, respectivamente, ainda estão na disputa pelo título.

F1, Classificação

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube