F1

Vettel define rumores de aposentadoria como invenção e promete seguir na Ferrari até “me darem um pontapé”

Sebastian Vettel fora da Ferrari? Fora da F1? Nenhum dos dois: o alemão disse nem sequer pensar em abandonar a carreira, reafirmando o compromisso com a busca de um novo título mundial em Maranello, apesar das dificuldades atuais

Grande Prêmio / Redação GP, de Berlim
Sebastian Vettel não tem planos de deixar nem a Fórmula 1, nem a Ferrari. Às vésperas do GP do Canadá, o alemão reagiu a comentários na imprensa sobre uma possível aposentadoria, definidos como invenção. Além de reafirmar o compromisso, Sebastian ainda se disse “faminto” para buscar tão sonhado título em Maranello.
 
“Nunca disse algo nesse sentido [de aposentadoria], então não sei de onde isso veio”, comentou Vettel. “Acho que posso parar quando eu quiser, assim como a equipe pode me dar um pontapé quando quiser, mas estou muito feliz com a equipe e espero que a equipe esteja muito feliz comigo. Estou muito faminto e aqui eu tenho a missão de vencer. Essa é a única coisa que importa para mim, vencer com a Ferrari. É isso que busco. Hoje não estamos vencendo, então vocês podem fazer as contas e ver que ainda temos coisas por fazer”, seguiu.
Sebastian Vettel de saída da F1? Não é bem assim (Foto: Ferrari)
Os comentários são consequência de uma própria declaração de Vettel em abril. Na ocasião, o alemão disse querer reconsiderar seu futuro na F1 ao fim de 2020, no embalo das prometidas mudanças de regulamento para a temporada 2021. Qualquer que tenha sido a intenção de Sebastian na ocasião, a postura agora é outra: a de manter compromissos com F1 e Ferrari.
 
“Não sei quem inventou isso. Acho que nunca disse algo que levaria a essa conclusão, mas não me incomodo. Eu entendo que parte do trabalho de vocês [jornalistas] não é inventar coisas, e sim buscar algo interessante. Mesmo assim, não me incomoda. Façam o que querem e eu farei o que quero”, encerrou.
 
Vettel vive um começo de 2019 particularmente frustrante. O sonho de título levou duros golpes na sequência de vitórias da Mercedes, que levou seis vitórias nos seis primeiros GPs. Sebastian é terceiro no Mundial de Pilotos, mas ainda distante do líder Lewis Hamilton.
 
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.