Vettel fala em Ferrari bem equilibrada, mas ressalta problemas e aponta “coisas a melhorar” para sábado na Austrália

Sebastian Vettel ficou 0s5 atrás de Lewis Hamilton no fim do primeiro dia de treinos livres do GP da Austrália. Uma vantagem que mostra o quanto a Mercedes continua à frente da Ferrari e de todo o resto na F1. O tetracampeão ressaltou que não teve uma sexta-feira perfeita e destacou que ainda há o que melhorar para o treino classificatório

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Havia uma grande expectativa a respeito do desempenho da Ferrari neste começo de temporada, uma vez que a nova SF70H rendeu muito bem nos testes de inverno da F1 em Barcelona. Mas tão logo tiveram início os trabalhos pra valer no fim de semana do GP da Austrália, nesta sexta-feira (24), a Mercedes confirmou que continua como a protagonista do grid, enquanto a Ferrari ficou 0s5 atrás. Sebastian Vettel fechou o primeiro dia de atividades no circuito Albert Park, em Melbourne, em segundo, sendo superado por Lewis Hamilton.

 
Vettel entende que não teve um dia perfeito. No primeiro treino livre em Melbourne, o tetracampeão do mundo enfrentou problemas no DRS e ficou mais tempo que o previsto nos boxes. O alemão completou apenas dez voltas e fechou em sexto lugar com 1min25s464, 1s244 atrás da melhor marca da manhã, que também ficou com o piloto da Mercedes.
 
No período da tarde, Vettel não enfrentou os problemas vividos mais cedo e conseguiu mostrar maior potencial, ficando a 0s547 de Hamilton ao marcar 1min24s167. Seb completou 35 voltas, acumulando boa quilometragem no circuito australiano.

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 3
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

Sebastian Vettel entende que a sexta-feira não foi a ideal e espera por evolução no fim de semana (Foto: Ferrari)
No fim das contas, a avaliação de Vettel em relação ao carro é positiva, mas o alemão disse que ainda não consegue enxergar com nitidez o real nível da Ferrari e das outras equipes. Tudo ficará mais claro mesmo neste sábado, quando será disputado o treino que vai definir o grid de largada do GP da Austrália. 
 
“Tivemos alguns problemas. Ainda há coisas a melhorar para amanhã. Vamos ver onde cada um está. O carro é bem equilibrado”, salientou, que acredita no poder de evolução da Ferrari.

“A manhã não foi tão boa. Tivemos alguns problemas que me surpreenderam. Mas a equipe está indo bem, e acho que temos muitas coisas que podemos melhorar. O equilíbrio ainda não está tão bom, mas tenho certeza de que podemos trabalhar nisso durante a noite. Tivemos alguns pequenos problemas nesta manhã que nos custaram algum tempo de volta, por isso demorei um pouco mais para entrar na pista. O carro ainda não se comporta tão bem como deveria e poderia”, explicou.

Vettel lembrou que seu discurso cauteloso sobre o bom desempenho da Ferrari nos testes de inverno não foi por acaso. “As pessoas de fora tecem suas próprias opiniões, não importa o que você diga a eles. Obviamente, nós fomos muito felizes nos testes, os tempos pareciam bons, mas isso não significa nada. Você vem aqui e é quando realmente importa. Nós estávamos realistas quanto a isso”, disse. “Hoje foi ok. O carro se mostra bem e não mudou tanto. Faz apenas duas semanas que nós saímos do carro. Ainda podemos melhorar”, complementou.

 
Em entrevista coletiva concedida pelos chefes de equipe nesta sexta-feira, Maurizio Arrivabene ressaltou o trabalho realizado ao longo de todo o inverno para desenvolver um bólido finalmente capaz de levar a Ferrari às vitórias e à luta pelo título.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

“Foi difícil construir um carro competitivo. Mas tudo mudou para melhorar, não para piorar. Tivemos mudanças, a equipe está trabalhando bem. Durante todo o inverno os meninos trocaram muita informação. Todo mundo trabalhando para um objetivo comum”, comentou o dirigente italiano, cauteloso sobre a sequência do fim de semana.

 
“Temos de manter os pés no chão. É sexta-feira. Temos de continuar trabalhando e, até domingo, há muitas coisas a fazer”, acrescentou.

O GRANDE PRÊMIO transmite todas as atividades do GP da Austrália de F1 neste fim de semana. Acompanhe tudo AO VIVO e em TEMPO REAL, com a estreia do livetiming.

PADDOCK GP #70 FAZ PRÉVIA DE ABERTURA DAS TEMPORADAS DE F1 E MOTOGP E LEMBRA PACE

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube