Vettel mostra frustração com classificação e lamenta forte ritmo das Mercedes: “Esperávamos que fosse mais apertado”

As particularidades do Hermanos Rodríguez – asfalto novo e ar rarefeito – fizeram Sebastian Vettel sonhar com a possibilidade de bater as Mercedes. Mas o tetracampeão precisou se contentar novamente com o terceiro lugar: “Foi difícil, tentei tudo”

#GALERIA(5496)
Terceiro lugar em um grid de largada não é um resultado ruim, mas certamente não é grande coisa para alguém que já está cansado de ser ‘o melhor do resto’. Sebastian Vettel experimentou isso novamente no treino classificatório deste sábado (31), em que o alemão falhou em superar a dupla da Mercedes.

 
Vettel criou expectativas para o GP do México, na esperança de que as particularidades do Hermanos Rodríguez – ar rarefeito, asfalto pouco aderente e longas retas – pudesse ser um trampolim para a Ferrari. Mas, quando o cronômetro zerou, o resultado foi normal: Nico Rosberg em primeiro, com Lewis Hamilton em segundo.
Sebastian Vettel não conseguiu superar as Mercedes no treino classificatóri do México (Foto: Ferrari)

“Esperávamos que fosse mais apertado no final, mas não foi. No Q1, com os pneus duros, eles pareceram bem rápidos. Foi difícil, tentei tudo. Fui bem na primeira tentativa do Q3, na segunda eu forcei bastante e não fui mais rápido”, explanou Vettel.

 
Com a segunda fila garantida, Sebastian tratou de mudar seu foco para a corrida. O tetracampeão enfatizou que as condições do asfalto, agora mais emborrachado, seguirão cumprindo um papel protagonista no GP.
 
“Não é justo botar na conta da pista. Vamos ver amanhã. Finalmente está emborrachando a pista, ontem não tinha nada, e também é legal ver tanta gente vindo para o autódromo”, concluiu.

A largada para o GP do México será dada amanhã às 17h (de Brasília), e o GRANDE PRÊMIO acompanha a prova AO VIVO e em TEMPO REAL.

VIU ESSA? HAMILTON SOBE NO RINGUE E VIRA LUTADOR NO MÉXICO

determinarTipoPlayer(“15660050”, “2”, “0”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube