F1

Vettel recebe ‘benefício da dúvida’ e escapa de punição por volta em Monza

Os comissários de prova da FIA optaram por absolver Sebastian Vettel de uma possível irregularidade cometida pelo alemão no Q2, quando as câmeras da transmissão da F1 flagraram as quatro rodas da Ferrari do lado de fora dos limites da pista na curva Parabolica. O documento considera que as imagens, analisadas de vários ângulos, não permitem uma conclusão clara

Grande Prêmio / Redação GP, de Sumaré
Sebastian Vettel foi absolvido pelos comissários de prova da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) depois de ter sido colocado sob investigação por conta de uma teórica infração. O alemão foi flagrado pelas câmeras da transmissão da sessão classificatória com as quatro rodas da sua Ferrari na parte de fora da faixa branca que determina os limites de pista da curva Parabolica na sessão classificatória do GP da Itália deste sábado (7), em Monza
 
A decisão só foi tomada pouco mais depois de três horas da definição da pole-position, que ficou com Charles Leclerc. Entretanto, os comissários consideraram que as imagens não foram totalmente conclusivas a respeito da infração. Sendo assim, deram a Vettel o chamado “benefício da dúvida”, privando-o de uma possível sanção no grid na corrida de casa da Ferrari.
Vettel escapou de punição depois de manobra polêmica no Q2 em Monza (Foto: Reprodução)
A nova determinação dos limites da pista na curva Parabolica veio na esteira da retirada da salsicha (zebra alta) ali postada. O dispositivo acabou por causar o grave acidente sofrido por Alex Peroni, que decolou após passar por cima da salsicha e bateu forte no alambrado durante a corrida 1 da F3, neste sábado. 
 
Ficou determinado, desde o terceiro treino da F1, que os pilotos que passassem pelo setor com as quatro rodas fora da faixa branca teriam a respectiva volta excluída. Foi o que aconteceu no TL3 com Romain Grosjean e Kevin Magnussen, por exemplo.
 
No treino classificatório, quem mais chamou a atenção pela manobra foi Vettel, que era então um dos candidatos à pole em Monza. No entanto, apesar do tempo que os comissários tiveram para analisar o incidente, mesmo depois da bandeira vermelha causada por Kimi Räikkönen, o julgamento do caso ficou para depois do desfecho do treino classificatório.
 
Entretanto, após análise das câmeras de transmissão, não ficou claro para os comissários que Vettel cometeu a infração nesta tarde. Assim, o alemão escapou da punição.
 
“Os comissários revisaram vários ângulos da câmera, alguns dos quais pareciam mostrar que os pneus não tocaram com a linha branca na borda da pista. No entanto, outros ângulos pareciam mostrar a parte da roda dianteira, quando vista de cima, poderia estar dentro dos limites da linha branca. Isso lançou um elemento de dúvida que é considerado significativo o suficiente para dar o ‘benefício da dúvida’ ao piloto em questão”, diz o documento que absolveu Seb.
 
O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL todo o fim de semana do GP da Itália de F1. Siga tudo aqui.

Paddockast #32
AS PISTAS MAIS PERIGOSAS DO MUNDO


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.