Vettel vê “pesadelo pior do que esperava” na Itália: “Melhor que fãs não estejam aqui”

O piloto da Ferrari considerou que o domingo de GP da Itália saiu muito pior do que o esperado. Além do alemão, Charles Leclerc também abandonou após uma batida em Monza

Sebastian Vettel avaliou o GP da Itália deste domingo (6) como “um pesadelo pior do que esperava”. O alemão abandonou a corrida em Monza ainda na sétima volta, quando acabou sem freios em meio a uma disputa com George Russell pelo 17º lugar.

Vettel ainda conseguiu levar o carro de volta aos boxes, mas abandonou na sequência. Algum tempo depois, na volta 25, o fim de semana da escuderia italiana ficou ainda pior, já que Charles Leclerc bateu forte na Parabólica e também abandonou.

F1; FÓRMULA 1; SEBASTIAN VETTEL; MONZA; DOMINGO; GP DA ITÁLIA;
Sebastian Vettel enfrenta problemas nos freios e abandona GP da Itália (Foto: F1/Twitter)
Paddockast #77 | Como amar a moribunda Ferrari em crise?
Ouça também: PODCASTS APPLE | ANDROID | PLAYERFM

“Foi um pesadelo pior do que eu esperava. Não sei o que aconteceu, mas é um pesadelo para toda a equipe”, disse Vettel. “Estamos nessa posição e devemos dar nosso melhor para ter um fim digno de temporada. Temos muito trabalho a fazer e temos de nos concentrar nisso”, frisou.

“Queria estar na pista e na frente do grid, mas às vezes você tem de lidar com o que tem disponível”, ponderou.

No último ano com a escuderia vermelha, Vettel lamentou a tristeza da despedida em Monza, mas tentou se animar com a corrida de Mugello no próximo fim de semana, mesmo ciente de que não pode sonhar com um grande resultado.

“É triste que a minha última corrida em Monza com a Ferrari seja assim. Melhor que os fãs não estejam aqui, mas é a vida. Depende de como você olha para isso: profissionalmente, não é positivo, mas sempre há algo bom na vida”, ponderou Sebastian. “Agora estamos de cabeça erguida e olhamos para Mugello. As expectativas não podem ser altas, mas temos lutado nas últimas corridas, esperamos o melhor, mas não acho que possamos lutar pelo pódio. Seria bom não ter problemas no próximo fim de semana”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube