F1

Villeneuve diz que retorno de Kubica à F1 é terrível: “Não é bom que alguém com uma deficiência possa participar”

Jacques Villeneuve decidiu dar mais uma de suas polêmicas opiniões. Agora, o canadense afirmou que o retorno de Robert Kubica à Fórmula 1 é terrível, pois mostra que uma pessoa com uma deficiência pode acelerar os carros considerados 'a classe rainha' do automobilismo

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Jacques Villeneuce disparou mais uma de suas polêmicas declarações. O alvo agora foi Robert Kubica, com o canadense afirmando que o retorno do polonês não traz a mensagem correta para a Fórmula 1, além de ser terrível.
 
Após oito anos afastado da categoria, o piloto está de volta ao grid. Entretanto, tem a missão de defender uma Williams pouco competitiva, e já no GP da Austrália já viu que não vai ser dos anos mais fáceis – terminou em último e com três voltas de desvantagem.
 
Apesar disso, Jacques reforça a habilidade de Robert em se recuperar da lesão em seu braço e conseguir uma vaga. “É claro que é uma grande conquista que Kubica tenha voltado após tantos anos, é inacreditável”, afirmou.
Robert Kubica (Foto: Williams)
“Se você tiver feito algo que você ama e que foi lhe tirado, sabe o que está perdendo. E então você trabalha duro para ter de volta. Tenho certeza que vai fazer o que pode para ficar no topo. Se estivesse em seu lugar faria o mesmo. Não pode deixar as chances passarem”, continuou.
 
Entetanto, Villeneuve não vê o retorno do piloto com tão bons olhos. “Acho que é terrível [a volta], não é bom para o esporte. Já disse isso ano passado e não vou mudar minha opinião. F1 deveria ser o máximo do automobilismo, a classe rainha”, opinou.
 
“Então não é bom para o esporte se alguém com uma deficiência, porque é o que é, possa participar. Pelo menos não na F1, talvez em outras categorias. A Fórmula 1 tem que ser difícil e quase inalcançável. O retorno de Robert não é a mensagem certa”, encerrou.