Vitória de Hamilton e atuação tímida da Ferrari no GP do Brasil dão Mundial de Construtores para Mercedes

Lewis Hamilton e Valtteri Bottas terminaram respectivamente em primeiro e quinto em Interlagos. O resultado foi suficiente para a Mercedes garantir o penta no Mundial de Construtores, um novo feito na era hegemônica na F1

O quinto título da Mercedes já é realidade. A equipe alemã, que largou no GP do Brasil deste domingo (11) precisando apenas evitar uma perda de 12 pontos para a Ferrari para ser campeã do Mundial de Construtores, fez o dever de casa: com Lewis Hamilton em primeiro e Valtteri Bottas em quinto, a conquista foi confirmada sem sustos.
 
O resultado em Interlagos leva a Mercedes aos 620 pontos. A Ferrari, terceira com Kimi Räikkönen e sexta com Sebastian Vettel, vai aos 553. A diferença é de 67 pontos, isso com 43 em jogo em Abu Dhabi.
1, 2, 3, 4, 5: a Mercedes voltou a levar o Mundial de Construtores (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

O quinto título de equipes da Mercedes também é o quinto em sequência. A Mercedes dá um novo passo na hegemonia que dura desde a introdução dos motores híbridos, em 2014. De lá para cá, só os prateados venceram o Mundial, seja entre equipes ou entre pilotos.

 
O título da Mercedes, aliado ao de Hamilton no México, significa que a F1 vai a Abu Dhabi apenas com brigas de meio de tabela em aberto. Atrás da Red Bull, confirmada em terceiro, a Renault ainda precisa carimbar o provável quarto lugar – a vantagem sobre a Haas, quinta, é de 24 pontos, e isso entre duas equipes que não costumam pontuar muito.

A próxima etapa da F1 é o GP de Abu Dhabi, marcado para 23 de novembro.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube