Williams afirma que decisão sobre dupla de 2013 pode ficar para depois do fim da temporada

Toto Wolff, diretor-executivo da Williams, deixou a entender que a definição da dupla de 2013 pode ficar para depois do fim da atual temporada

A Williams pode esperar até depois do fim da temporada de 2012 para anunciar a dupla de pilotos para a próxima temporada. Embora não queira esperar muito para definir os titulares, a equipe inglesa afirmou que vai tomar a decisão com calma, principalmente para não prejudicar a temporada de Pastor Maldonado e Bruno Senna. 

Williams vai esperar mais para definir dupla de 2013 (Foto: Williams/Glenn Dunbar/LAT Photographic)

"Ainda é muito cedo para dizer", afirmou Toto Wolff, diretor-executivo da Williams, ao site oficial da F1, ao ser questionado sobre o futuro do time. "Certamente, estávamos conversando e olhando em diversos caminhos sobre essa questão, mas não queremos atrapalhar as coisas com Pastor e Bruno. Por isso, podemos esperar mais um mês antes decidir o que realmente queremos", completou.

"O anúncio de pilotos é sempre um tópico interessante, mas se isso vai acontecer ainda durante a temporada, eu não sei, mas não queremos levar tanto tempo nisso", acrescentou o diretor.

Valtteri Bottas, piloto reserva do time inglês e que vem treinando no carro de Senna durante as sessões livres de sexta-feira, é candidato a uma das vagas, mas Wolff reiterou que não há nada definido. E elogiou os atuais titulares.

“Bruno é muito inteligente e sensível, e isso significa que ele colocar muito pressão em si mesmo. Se é o nome ou não, eu realmente não sei, mas ele conseguiu construir seu caminho na F1, o que quer dizer que é um piloto muito bom. Ele tem como companheiro de equipe um cara muito rápido e sabe que precisa acompanhá-lo. Mas Bruno está trabalhando duro e nós estamos tentando o todo o apoio necessário a ele”, completou. 

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube