Williams apresenta FW46 com esquema de cores mantido e tons de azul mais escuros

Sétima colocada na F1 2023, a Williams faz o segundo lançamento de carro da temporada 2024. O FW46 busca tirar os ingleses de um fundo do pelotão que tem se tornado marca da tradicional equipe

Depois da Haas abrir os trabalhos na última sexta-feira, a Williams deu continuidade aos lançamentos de carros e, na manhã desta segunda-feira (5), mostrou ao mundo, em cerimônia feita em Nova York, como chega o FW46, ou ao menos a pintura dele, para a disputa da temporada 2024 da F1.

Mais uma vez, a equipe sofreu um vazamento das imagens, agora poucos minutos antes do lançamento oficial. O carro novo tem um esquema de cores parecido com o do ano passado, mas o preto está um pouco mais presente, em algo que deve ser tendência na F1 2024. O tom de azul vem mais escuro também da lateral para a traseira do bólido. E muita fibra de carbono, tentando tirar peso do carro.

A tradicional equipe de Grove deixou claro que o lançamento é da pintura e não do carro em si, como foi com a Haas e deve se repetir em boa parte do grid. Ainda, os pilotos surgiram com o macacão novo, quase que todo em branco, com detalhes em azul.

“Desde que vim para a Williams, um ano atrás, tenho visto essa equipe sempre junta para superar uma série de desafios e, assim, garantir a sétima colocação do Mundial de Construtores, o que foi um belo feito de todos os envolvidos. Nós mostramos ao mundo que estamos construindo para avançar no futuro”, disse o chefe James Vowles.

O FW46 tem tons um pouco mais escuros que o FW45, mas o esquema de cores segue (Foto: Williams)

A Williams seguiu o que fez o restante do pelotão e manteve a mesma dupla de pilotos para 2024. Assim, pelo segundo ano seguido, o time inglês conta com Alexander Albon e Logan Sargeant. Enquanto Alex parte para a terceira temporada com a equipe, Logan vai para a segunda, depois de um duríssimo campeonato de estreia.

Em 2023, foi Albon quem garantiu o sétimo lugar do time. Sim, uma eventual ‘Albon Racing’ ficaria na mesma sétima colocação da Williams. É que o tailandês fez 27 pontos, enquanto o americano marcou 1 pontinho solitário.

“Saindo de um ano muito positivo, esperamos continuar nosso progresso em 2024, trabalhando duro para dar alguns bons passos adiante em termos de performance. Pedimos muito para a equipe e para o pessoal da fábrica colocar o carro onde ele precisa estar. Também mudamos um pouco a filosofia do carro. Será necessário um ajuste no estilo de guiar o carro, mas estou confiante de que será uma mudança para melhor”, comentou Albon.

A confirmação de Sargeant no grid, inclusive, foi das mais dramáticas da última janela de transferências. A Williams esperou até o último momento para confirmar a permanência do rapaz que, em 2024, completa 24 anos.

As primeiras imagens do FW46 da Williams (Foto: Williams)

“Tive um período produtivo depois do fim da temporada passada e me preparei bem física e mentalmente para o ano que vem pela frente. Tive o tempo para refletir sobre meu ano de novato, tomei para mim muitas lições, ganhei experiência. Sei minhas metas para 2024, espero contribuir para o sucesso da equipe”, declarou Logan.

Ainda que seja uma das equipes mais tradicionais da história do esporte a motor, a Williams vive fase complicadíssima de sua história. Além de ter visto seu comando trocar de mãos, o time sofre para encaixar boas campanhas. Prova disso é que a sétima posição de 2023 foi a melhor desde o quinto lugar de 2017. O último título da esquadra de Grove veio em 1997 e o vice, em 2003.

A Williams tem na chefia Vowles, nome importante também da história da Mercedes e que foi responsável direto, ao lado de Albon, pela recuperação do time em 2023. Para 2024, os ingleses tentam ao menos o estabilidade dentro do pelotão intermediário.

No entanto, as declarações que chegam de Grove dão conta de “grandes passos” apenas em 2026 e de uma eventual briga por top-3 para ainda mais longe, em 2028.

Os belos novos macacões da Williams (Foto: Williams)

“Não é algo realista. Conheço a verdadeira diferença entre as equipes e sei da nossa velocidade de desenvolvimento”, respondeu Vowles quando questionado se a Williams poderia buscar Alpine e Aston Martin em 2024, em entrevista à revista alemã Auto Motor und Sport

A temporada de lançamentos de carros segue firme e forte. Depois da Haas e da Williams, ainda na tarde desta segunda-feira (5), às 16h, é a vez da Sauber mostrar o novo bólido. Também durante esta semana, Alpine e RB se juntam ao clube.

Fórmula 1 retorna às pistas de 21 a 23 de fevereiro, com os testes coletivos da pré-temporada no Bahrein, no circuito de Sakhir.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.