Em vídeo, Correa revela nova cirurgia e plano de viagem a Miami em novembro

Juan Manuel Correa fez sua primeira aparição pública desde o grave acidente em Spa-Francorchamps. Através de uma série de vídeos em suas redes sociais, o norte-americano lamentou a morte de Anthoine Hubert, além de ter agradecido todas as mensagens de apoio e ter explicado quais são os próximos procedimentos de cura

Juan Manuel Correa apareceu pela primeira vez publicamente para dar atualizações sobre seu estado. Nesta terça-feira (8), o piloto publicou um vídeo em sua rede social dizendo como está se sentindo, além de falar os próximos passos que dará em sua jornada de recuperação.

O norte-americano se envolveu em um grave acidente durante a primeira corrida da Fórmula 2 em Spa-Francorchamps – e que vitimou Anthoine Hubert, que não resistiu aos ferimentos do impacto e teve a morte confirmada horas depois. Já Correa, com profundas lesões, foi levado a um hospital em Liège, passando por uma intervenção cirúrgica.

 
Alguns dias depois, o competidor de 20 anos foi levado para Londres, onde ficou na UTI em tratamento de seus pulmões e seu pé direito. Com a melhora de seu estado de saúde e os pulmões mais fortes, a atenção passou a ser em seu pé direito, que estava intocado desde o dia do episódio na pista belga.
 
Ainda na Inglaterra, mas agora em um centro hospitalar especializado em cirurgias ortopédicas, Juan Manuel passou por nova intervenção cirúrgica, com 17 horas de duração, para reconstruir sua perna direita, e que foi bem-sucedida.
Juan Manuel Correa (Foto: Reprodução)

Então, em uma série de vídeos publicado em seu Instagram, lamentou profundamente o desfecho para o francês Hubert. “Olá, estou de volta, decidi voltar para as redes sociais. Tem sido cinco semanas muito difíceis após o acidente e obviamente nunca havia dito publicamente, mas quero dar minhas mais sinceras condolências a família de Hubert. Foi um resultado muito chocante do acidente. Nunca se sabe, nunca pensa que algo assim pode acontecer a você”, falou.
 

O jovem piloto ainda aproveitou para agradecer todas as mensagens e apoio que tem recebido nas últimas semanas. “Simplesmente estou agradecido por estar aqui ainda que tenha um longo caminho de recuperação, e apesar de não estar claro se algum dia estarei 100% recuperado, estou muito agradecido por estar vivo e muito agradecido por todos que têm me acompanhado nas últimas cinco semanas e todo o apoio recebido”, disse.
 
“Isso mudou minha vida e como vejo as coisas e sobre como penso sobre a vida e tudo no geral. Quero agradecer a todos pelas mensagens de apoio de pessoas que sequer conheço, tenho lido todas. Tenho passado dias inteiros simplesmente lendo as mensagens e tentando responder a todos”, continuou.
 
Por fim, Correa deu uma breve atualização sobre quais serão os próximos passos de sua recuperação, passando por nova operação e depois indo para os Estados Unidos. “A situação é essa. Eu a aceitei. Só posso ser otimista a partir de agora para me recuperar o mais breve possível”, explicou
 
“Na próxima segunda-feira terei outra operação e essa vai ser a última em Londres. No início de novembro, vou para Miami ver meus irmão e começar minha recuperação que vai durar de 10 a 12 meses, antes que possa saber quão bem ou mal está meu pé direito. Agora mesmo, não posso mover em nada o pé. Já vimos o que aconteceu, mas sou otimista porque não há nada mais o que possa fazer. Prefiro isso a estar deprimido. Os irei atualizando eu mesmo de tudo o que acontecer”, concluiu.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

I’m back ❤️

Uma publicação compartilhada por Juan Manuel Correa (@juanmanuelcorrea_) em

8 de Out, 2019 às 10:31 PDT

Paddockast #36
O MELHOR PILOTO SEM VITÓRIA NA F1

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube