Drugovich se impõe na largada, assume liderança e vence corrida 1 da F2 na Espanha

Felipe Drugovich assumiu o controle absoluto da corrida na largada após aproveitar o buraco deixado por Calen Williams. Foi a segunda vitória do brasileiro em 2022

FÓRMULA 1 2022: TUDO SOBRE A CLASSIFICAÇÃO DO GP DA ESPANHA | Briefing

Depois da Fórmula 1 definir o grid de largada dela, era a vez da Fórmula 2 aproveitar a borracha de todo este sábado (21) na pista de Barcelona para disputar a corrida sprint do fim de semana. A história da corrida começou a ser alterada ainda antes da largada, quando o pole-position Calen Williams ficou parado na hora de sair para a volta de apresentação. Sem pole na largada, Felipe Drugovich bateu a carteira de quem vinha à frente e assumiu a ponta que não perderia mais.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
Leclerc roda no Q3, mas se recupera e conquista pole do GP da Espanha de F1

O problema com Williams deixou a posição de honra vaga e Jake Hughes, saindo do segundo lugar, era o pole de fato. Théo Pourchaire vinha no que era a segunda posição de verdade, mas saindo de frente para o vento, enquanto Felipe Drugovich tinha posição mais semelhante: atrás de Hughes, como já seria. O brasileiro, entretanto, saltou de maneira impressionante e engoliu os dois rivais.

É importante lembrar que Drugovich foi o décimo colocado da classificação, o que daria a ele a pole desta corrida sprint. Uma punição por bloquear Pourchaire, entretanto, acabou empurrando o #11 para a quarta posição. Em metros, a punição foi basicamente tirada de órbita.

Ayumu Iwasa e Logan Sargeant, que também largaram muito bem, terminaram com as duas outras vagas do pódio. Jehan Daruvala, Théo Pourchaire, Jack Doohan, Frederik Vesti e Enzo Fittipaldi completaram o grupo dos oito que pontuaram. Enzo ainda precisou brigar até o fim para conter os ataques de Liam Lawson e Marcus Armstrong, que completaram o top-10.

GRANDE PRÊMIO cobre in loco as ações da categoria no Circuito de Barcelona-Catalunha com Eric Calduch e, além disso, acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL. No domingo, a largada da F1 está marcada para as 10h [Brasília, GMT-3]. Antes disso, entretanto, a F2 parte às 6h35.

Felipe Drugovich controlou a corrida sprint na Espanha (Foto: Reprodução/F2)
Paddockast #148: O que está em jogo no GP da Espanha mais pesado dos últimos tempos

Confira como foi a corrida:

A dramaticidade da corrida da Fórmula 2 começou antes mesmo da largada. O grid de 21 pilotos – sem Ralph Boschung, vetado pelos médicos por conta de dores no pescoço causadas num acidente na etapa de Ímola -, o pole da corrida sprint, Calen Williams, teve problemas. No momento de sair para a volta de apresentação, ficou parado. Sem conseguir se mover enquanto o trem dos carros passava, teve de largar do pit-lane. A corrida ficou sem ninguém na posição de pole-position.

Jake Hughes passava a ser essencialmente o primeiro colocado, mas Théo Pourchaire, em terceiro, também largava de rosto para o vento. Mas quem aproveitou melhor a situação não foi nenhum deles: foi Felipe Drugovich. O piloto da MP, que originalmente seria o dono da pole, mas foi punido por bloquear Pourchaire no fim da classificação, largou de maneira espetacular e saltou para a dianteira.

Junto dele, Ayumu Iwasa e Logan Sargeant deixaram os dois que largavam em condições privilegiadas para trás. Hughes era o quarto, mas a largada de Pourchaire foi desastrosa e jogou o francês para o sétimo posto, atrás também de Jehan Daruvala e Jüri Vips. Jack Doohan, Frederik Vesti e Enzo Fittipaldi fechavam o top-10.

Jüri Vips rodou sozinho quando atacava Jehan Daruvala (Foto: Reprodução/F2)

Em duas das 26 voltas, Drugovich já abria mais de 1s e começava a realmente controlar as ações, mas a vantagem seria cancelada logo. O motivo foi Vips, que atacava Daruvala pela sexta colocação quando abriu demais na curva um para tentar mergulhar, rodou e parou na brita. Safety-car e fim de corrida para o jovem piloto da Academia Red Bull. O safety-car também causou problemas para Amaury Cordeel, que fez ultrapassagem durante a interrupção e acabou com um stop & go de 10s para cumprir.

Após quatro voltas de safety-car, relargada permitida no décimo giro. Drugovich foi bem novamente e se lançou sem riscos para manter a ponta e começar a abrir: no fim da volta seguinte, tinha 1s5 para Iwasa. Hughes continuou em quarto, mas se aproximava de Sargeant para buscar a terceira colocação.

Se não existia briga pela vitória em Barcelona, os duelos pela pista estavam vivos. Roy Nissany tentava encontrar uma linha, qualquer que fosse, para ultrapassar Marino Sato pelo 18º posto, mas não encontrava. Um pouco à frente, Olli Caldwell mergulhava para tomar o 15º posto de Cem Bölükbaşı. A corrida não era das mais empolgantes, porém.

Se em algum momento pós-relargada parecia que Hughes tomaria o terceiro lugar de Sargeant, o pneu foi terminando conforme a corrida avançada. Na 19ª volta, foi ultrapassado por Daruvala e, em seguida, vieram Pourchaire e Doohan. O piloto já não tinha mais como manter o carro na pista e ser rápido ao mesmo tempo – terminaria fora do top-8 e dos pontos.

Drugovich só abria e tenha bem mais de 2s para Iwasa: precisava somente chegar ao fim da corrida para vencer. Enquanto isso, Williams, após largar do pit-lane, via o que era a chance da vitória virar um 16º lugar.

A corrida se aproximava do fim com as posições de pontos quase todas definidas. Drugovich ia para vitória e tinha a companhia de Iwasa e Sargeant no pódio, enquanto Daruvala, Pourchaire, Doohan e Vesti vinham na sequência. A última posição de pontos para essa corrida estava em disputa até o fim. Fittipaldi conseguia resistir aos avanços de Liam Lawson e Marcus Armstrong para pontuar. E assim foi o fim. A segunda vitória de Drugovich em 2022.

F2 2022, GP da Espanha, Barcelona, Corrida Sprint, Resultado Final:

1F DRUGOVICHMP 26 voltas
2A IWASADAMS+2.109
3L SARGEANTCarlin+4.165
4J DARUVALAPrema+8.493
5T POURCHAIREART+9.251
6J DOOHANVirtuosi+10.481
7F VESTIART+16.430
8E FITTIPALDICharouz+17.256
9L LAWSONCarlin+17.705
10M ARMSTRONGHitech+18.524
11R VERSCHOORTrident+25.321
12D HAUGERPrema+25.997
13O CALDWELLCampos+26.476
14C NOVALAKMP+29.315
15R NISSANYDAMS+31.490
16C WILLIAMSTrident+33.781
17M SATOVirtuosi+37.436
18C BÖLÜKBASICharouz+53.281
19A CORDEELVan Amersfoort+1:05.926
20J HUGHESVan AmersfoortNC
21J VIPSHitechNC
FÓRMULA 1: ‘FATOR CASA’ PARA SAINZ EM BARCELONA AJUDA OU PRESSIONA?
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Escanteio SP.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar