FIA projeta calendário para F2 e F3 com início em julho e fim perto do Natal

O rascunho de calendário foi apresentado em reunião online no começo da semana, segundo publicou a revista inglesa 'Autosport'. São 12 etapas para a Fórmula 2, o mesmo que imaginado inicialmente, e dez para a Fórmula 3, uma a mais que o original


 
As movimentações para o retorno da Fórmula 1 e das categorias-satélite, Fórmulas 2 e 3, seguem a toda velocidade. F2 e F3 receberam um calendário provisório da FIA em reunião realizada pela internet no começo da semana. São 12 etapas – duas delas apenas para a F2 – e todas em conjunto com a F1.
 
A informação foi dada pela revista inglesa 'Autosport'. O rascunho de calendário aponta o começo dos campeonatos no fim de semana projetado para o começo da F1, nos dias 4 e 5 de julho, na Áustria. O carrossel permanece em Spielberg para uma nova etapa no fim de semana seguinte, dias 11 e 12 de julho. 
 
Depois disso, viagem para a Inglaterra. É uma situação que pode ser complicada pela nova política de fronteiras do governo inglês de que qualquer um vindo de território estrangeiro terá de ficar em isolamento de 14 dias antes de poder circular livremente pelo país. Em todo caso, é Silverstone o local marcado para receber as categorias nos dias 25/26 de julho e 1/2 de agosto, em nova rodada dupla. 
 
Após a Inglaterra, a FIA pretende fechar uma rodada tripla com uma etapa na segunda semana de agosto, mas o local ainda é dúvida: será Hockenheim ou Barcelona, de acordo com o rascunho. Após uma semana de folga, nova rodada tripla nos dias 29/30 de agosto, em Hungaroring, na Hungria; 29/30 de agosto, em Spa-Francorchamps, na Bélgica; e 5/6 de setembro, em Monza, na Itália. 
Yuki Tsunoda (Foto: Reprodução/F3)

A F2 corre sem a presença da F3 em Baku, no Azerbaijão, dias 19 e 20 de setembro, e em Sóchi, na Rússia, em 26 e 27 de setembro. Após uma parada de mais de dois meses, os campeonatos retornam para perna final em dezembro: dias 5/6 no Bahrein, 12/13 em Abu Dhabi. Como costuma acontecer, as etapas da Ásia e das Américas não constam no caminho das categorias.
 
Ainda não há palavra oficial sobre o calendário, então as discussões seguem. Uma segunda corrida no Bahrein e o empurrão da etapa belga uma semana para trás ainda estão no leque de opções. Outra dúvida que se impõe é sobre o GP de Macau, que tradicionalmente encerra o ano da F3. Originalmente, o campeonato terminaria em setembro, na Rússia, deixando mais de dois meses para a preparação da prova em Macau.
 
Da forma como o rascunho de calendário foi posto, a F2 mantém as 12 etapas projetadas inicialmente e a F3 pula de nove para dez – aumento permitido uma vez que os testes de pré-temporada tiveram de ser interrompidos.

Calendário projetado para F2 e F3:

  DATA ETAPA
1 4 e 5 de julho Áustria (Red Bull Ring)
2 11 e 12 de julho Áustria (Red Bull Ring)
3 25 e 26 de julho Inglaterra (Silverstone)
4 1º e 2 de agosto Inglaterra (Silverstone)
5 8 e 9 de agosto Alemanha (Hockenheim) ou Espanha (Barcelona)
6 22 e 23 de agosto Hungria (Hungaroring)
7 29 e 30 de agosto Bélgica (Spa-Francorchamps)
8 5 e 6 de setembro Itália (Monza)
9 19 e 20 de setembro Azerbaijão (Baku) *
10 26 e 27 de setembro Rússia (Sóchi) *
11 5 e 6 de dezembro Bahrein (Sakhir)
12 12 e 13 de dezembro Abu Dhabi (Yas Marina)

* – somente F2

Paddockast #60
OS PIORES PILOTOS DA HISTÓRIA DA F1

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube