Leclerc dá show e ganha na pista, mas punição entrega vitória a Nato na corrida 2 da F2 no Azerbaijão

Depois da caótica corrida de sábado, a prova que encerrou a rodada dupla de Baku da F2 terminou sem nenhum incidente e tampouco entrada do safety-car. Charles Leclerc foi o grande protagonista do domingo, fez uma corrida soberba e ganhou na pista. Mas uma punição por não ter sido suficientemente lento em trecho de bandeira amarela resultou na vitória de quem terminou em segundo, Norman Nato. Sergio Sette Câmara foi o décimo

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Charles Leclerc só não fez chover em Baku neste domingo (25). Em um fim de semana de muita emoção para o piloto monegasco, que correu poucos dias depois da morte do seu pai, Hervé Leclerc, o protegido da Ferrari fez pole, venceu com autoridade no sábado e, para fechar a rodada dupla da F2 no Azerbaijão, realizou uma prova soberba, com uma ultrapassagem particularmente incrível e, ao menos na pista, ganhou a prova. Mas Charles sofreu uma punição de 10s por não ter sido suficientemente lento em trecho sinalizado com bandeira amarela. Assim, a vitória ficou com Norman Nato. Ainda assim, Leclerc terminou em segundo depois de ter largado em oitavo.

 
A corrida teve uma dinâmica muito diferente da caótica prova do último sábado. Desta vez, não houve nenhum grande incidente, e o piloto do safety-car sequer precisou entrar na pista. A prova ainda teve Nicolas Latifi em terceiro, repetindo o resultado de sábado, seguido por Jordan King, Sergey Sirotkin, Artem Markelov, Luca Ghiotto, Ralph Boschung e Sergio Sette Câmara em décimo. Mas apenas os oito primeiros colocados pontuam na chamada ‘sprint race’, a corrida mais curta do fim de semana da F2.
 
A primeira posição do grid de largada da ‘sprint race’ em Baku ficou com o jovem Ralph Boschung, da Campos. Mas pouco antes da corrida, o próprio patrão, Adrián Campos, dizia que seu piloto ainda era muito jovem e com pouca experiência para segurar o pelotão da F2. E assim foi. Logo na largada, Oliver Rowland tomou a liderança do suíço, que perdeu algumas posições.
Norman Nato faturou a vitória na corrida 2 da F2 em Baku (Foto: FIA F2)
Leclerc largou em oitavo, mas chegou a perder duas posições antes de empreender uma ‘remontada’ épica nas voltas a seguir. Rowland liderava, com Norman Nato em segundo, Nyck de Vries em terceiro e Latifi em quarto. Mas o britânico encerrava sua jornada na volta seguinte por conta de problemas no carro.
 
Aí Nato virou líder, enquanto Leclerc passava Artem Markelov e subia para sétimo. Pouco depois, De Vries também abandonava a corrida. Charles ganhava mais uma posição, mas em seguida o piloto da Prema fez uma ultrapassagem fantástica e dupla: na reta dos boxes, Leclerc passou de uma só vez Boschung e Sergey Sirotkin, pulando para o quarto lugar. 
 
Na volta 11, Nato ainda era o líder, com Latifi em segundo e Leclerc virava terceiro lugar depois de ganhar a posição de Jordan King. Charles continuava seu show ao ultrapassar Latifi na volta seguinte. A diferença era de pouco mais de 6s para o líder da prova.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Mas com um ritmo excelente nas voltas seguintes, Leclerc reduziu a diferença a pó, de modo que a ultrapassagem era inevitável. Mas aí, para a decepção de muitos dos que acompanhavam a corrida, a direção de prova anunciou a punição de 10s para o monegasco, que teria o tempo acrescido ao final da disputa. No fim das contas, Charles teria de passar Nato e abrir mais de 10s para vencer a prova. Uma missão que nem o próprio Leclerc conseguiu.

 
O piloto da Prema passou Nato na pista e assumiu a liderança na volta 19, mas o francês sempre andou muito perto e não permitiu que Leclerc abrisse tanta vantagem na frente. Duas voltas depois, Charles cruzou a linha de chegada na frente, mas a vitória acabou ficando mesmo com Nato. Só então veio o terceiro colocado, Latifi, que não conseguiu reduzir para menos de 10s a vantagem de Leclerc, mas mesmo assim garantiu outro pódio, repetindo o resultado de sábado. Sergio Sette Câmara terminou em décimo, mas apenas os oito primeiros pontuam na ‘sprint race’. 
 
A próxima rodada dupla da F2 acontece dentro de duas semanas e vai ter lugar no circuito Red Bull Ring, em Spielberg, na Áustria.
NOVA DERROTA EM 2017 MOSTRA QUE TOYOTA E LE MANS SÃO COMO ‘ÁGUA E ÓLEO’

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube