Lawson segura pressão de Daruvala e vence corrida 1 da etapa do Bahrein da Fórmula 2

Em sua estreia na Fórmula 2, Liam Lawson venceu na corrida que abriu a temporada 2021 depois de segurar a pressão de Jehan Daruvala no fim. Guilherme Samaia, Gianluca Petecof — na sua corrida de estreia na F2 — e Felipe Drugovich não pontuaram

A Fórmula 2 também lançou a vinheta para a sua temporada 2021 (Vídeo: Fórmula 2)

A primeira corrida da temporada 2021 da Fórmula 2 teve a vitória de Liam Lawson. O neozelandês de 19 anos, que é um dos muitos estreantes na principal categoria de acesso à F1 neste ano, fez uma grande largada, pulou de terceiro para primeiro e não foi mais superado. No fim, o piloto da Hitech foi pressionado por Jehan Daruvala, que apesar de correr com a mesma pintura, tradicional da Red Bull, os dois correm por equipes diferentes. O indiano, segundo colocado, defende a Hitech. David Beckmann, outro estreante, foi ao pódio depois de cruzar em terceiro com o carro da Charouz.

Robert Shwartzman, piloto da Prema, teve de conter a pressão do seu novo companheiro de equipe, Oscar Piastri, campeão da F3 no ano passado, e conseguiu cruzar a linha de chegada em quarto, seguido pelo jovem australiano. Christian Lundgaard foi o sexto com o carro da ART Grand Prix, seguido por Guanyu Zhou, da UNI-Virtuosi. Dan Ticktum, mesmo com a punição sofrida por ter tocado no carro de Richard Verschoor, conseguiu ficar em oitavo e somar o último ponto em disputa.

Os brasileiros do grid tiveram dias distintos. Guilherme Samaia, da Charouz, chegou a sonhar com a zona de pontuação e andou por boa parte da prova em nono. Mas o piloto foi punido em 5s por ter cometido uma infração durante o período de safety-car virtual e, embora tivesse cruzado a linha de chegada em P9, foi confirmado como 12º. Felipe Drugovich, um dos favoritos ao título, teve problemas logo na primeira volta e ficou com a asa dianteira avariada. Depois de ter ido para os boxes para fazer a troca da peça, o paranaense da UNI-Virtuosi foi o 16º, enquanto Gianluca Petecof, na sua corrida de estreia na Fórmula 2, completou a disputa em P17 com o carro #20 da Campos.

A Fórmula 2 volta a acelerar ainda neste sábado com a corrida sprint 2, às 13h30 (de Brasília), com transmissão ao vivo do canal BandSports e do serviço de streaming F1 TV Pro. Nesta prova, o grid é o invertido em relação à corrida 1 para os dez primeiros, de modo que Jüri Vips vai largar em primeiro lugar, seguido por Lirim Zendeli e Dan Ticktum. Só na corrida principal, que nesta temporada acontecerá sempre aos domingos, é que o dono da melhor volta da classificação de sexta-feira, Guanyu Zhou no Bahrein, vai partir da posição de honra no grid.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

WEB STORIESComo foram os treinos livres da Fórmula 1 2021 no Bahrein

LIAM LAWSON; BAHREIN; FÓRMULA 2;
Liam Lawson triunfou na sua corrida de estreia na Fórmula 2 no Bahrein (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

Saiba como foi a corrida 1 da Fórmula 2 no Bahrein

A desclassificação de Jüri Vips da sessão classificatória de sexta-feira — em razão de irregularidades na barbatana do carro, violando o regulamento técnico — mudou a ordem do grid invertido para a primeira corrida do fim de semana no Bahrein. David Beckmann seria o dono da primeira posição do alinhamento inicial, mas a punição ao estoniano alçou o jovem Theo Pourchaire, de 17 anos, a alinhar na frente com o carro #10 da ART Grand Prix.

Mas quem largou bem demais foi Liam Lawson, piloto da Hitech e do Red Bull Junior Team, que saiu de terceiro para primeiro antes da primeira curva de Sakhir. Felipe Drugovich passou a primeira volta em décimo lugar, mas tinha danos no carro, mais precisamente na asa dianteira, enquanto Guilherme Samaia apareceu em 15º. Na sua primeira corrida na F2, Gianluca Petecof estava em 19º.

LARGADA; FÓRMULA 2; F2; LIAM LAWSON;
Liam Lawson tomou a ponta logo na largada da corrida 1 da F2 em Sakhir (Foto: F2/Twitter)

Na abertura da segunda volta, na curva 1, Dan Ticktum tocou no carro de Richard Verschoor. O holandês rodou e caiu para o fim do grid. O piloto da Carlin, por ter causado o incidente, sofreu punição de 5s. A bandeira amarela foi sinalizada apenas no local. Em seguida, a direção de prova acionou o safety-car virtual por conta de problemas no carro de Marcus Armstrong.

Um pouco antes, Felipe Drugovich foi aos boxes para trocar o bico do carro e também trocar os pneus. O piloto da UNI-Virtuosi caiu para 19º e, a partir de então, tinha no horizonte uma corrida de recuperação. Quem também enfrentou problemas, logo depois, foi Guilherme Samaia, que sofreu uma punição de 5s por conta de infração durante o período de safety-car virtual. O paulista estava em 12º com o carro da Charouz.

JEHAN DARUVALA; DAVID BECKMANN; FÓRMULA 2; CORRIDA 1;
Daruvala passa Beckmann para assumir o terceiro lugar em Sakhir (Foto: F2/Twitter)

No desenrolar da corrida, Lawson conseguia manter a liderança e controlava a vantagem para Pourchaire, segundo e Beckmann. Mas o alemão da Charouz, um dos estreantes do ano na F2, acabou perdendo a terceira posição para Jehan Daruvala pouco depois de ter cometido um erro no miolo do circuito.

A grande corrida de outro novato do grid da F2 se encerrou na volta 13. Pourchaire enfrentou problemas no carro quando estava em segundo, ficou lento na pista e abandonou a disputa quando tinha tudo para conquistar seu primeiro pódio logo na estreia na categoria. Daruvala, então, subiu para segundo, com Beckmann, Robert Shwartzman e Christian Lundgaard fechando os cinco primeiros.

THEO POURCHAIRE; F2; FÓRMULA 2; BAHREIN;
Theo Pourchaire teve problemas e precisou abandonar quando caminhava para o pódio em Sakhir (Foto: F2/Twitter)

A direção de prova acionou novamente o safety-car virtual para retirar o carro de Pourchaire da área de escape. Logo, a pista foi novamente liberada para o curso normal da corrida. Samaia era o brasileiro melhor colocado, em nono, mas tinha 5s a cumprir de punição. Petecof era o 17º colocado, seguido por Drugovich.

Com uma temporada de experiência na Fórmula 2, Daruvala, da Carlin, melhorou de forma considerável nas voltas finais e passou a apertar o ritmo na disputa contra Lawson pela vitória. Beckmann, por sua vez, corria sozinho, já que não pressionava os concorrentes à frente e tampouco era pressionado por Shwartzman, quarto colocado.

Na última volta, além do grande duelo pela vitória entre Lawson e Daruvala, Oscar Piastri, outro debutante na temporada, fez grande apresentação e pressionou até o fim o companheiro de equipe Prema, Shwartzman. Mesmo assim, o russo se manteve em quarto, logo à frente do australiano. Lá na frente, Lawson confirmou a vitória com 0s925 de vantagem para Daruvala, em dobradinha da Red Bull, mas com os dois correndo por equipes diferentes.

Fórmula 2 2021, Bahrein, Sakhir, corrida 1, final:

1L LAWSONHitech44:11.62423 voltas
2J DARUVALACarlin+0.925
3D BECKMANNCharouz+14.382
4R SHWARTZMANPrema+17.078
5O PIASTRIPrema+17.504
6C LUNDGAARDART Grand Prix+18.552
7G ZHOUUNI-Virtuosi+22.289
8D TICKTUMCarlin+24.860
9L ZENDELIMP +27.291
10J VIPSHitech+27.933
11B VISCAALTrident+28.694
12G SAMAIACharouz+31.908
13R NISSANYDAMS+32.305
14M NANNINIHWA +33.963
15M SATOTrident+46.885
16F DRUGOVICHUNI-Virtuosi+1:03.250
17G PETECOFCampos1:06.941
18A DELEDDAHWA 1:08.910
19T POURCHAIREART Grand Prix+11 voltas
20R VERSCHOORMP +21 voltas
21R BOSCHUNGCampos+21 voltas
22M ARMSTRONGDAMS+21 voltas

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube