Piastri vence corrida principal da F2 na Rússia. Drugovich fica fora por decisão médica

Oscar Piastri venceu a corrida 2 da F2 na Rússia e aumentou a vantagem sobre Guanyu Zhou na briga pelo título. Felipe Drugovich ficou de fora por decisão médica

Felipe Drugovich bateu muito forte ainda na volta de alinhamento para o grid da Fórmula 2 na Rússia (Vídeo: Reprodução)

Oscar Piastri fez valer a pole-position e levou a melhor na corrida principal da Fórmula 2 em Sóchi, na Rússia. Pela terceira vez no ano, o australiano foi o primeiro a ver a bandeira quadriculada tremular. O pódio ainda teve as presenças de Théo Pourchaire, em segundo, e Jehan Duruvala, em terceiro.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Guanyu Zhou, principal adversário de Piastri na briga pelo campeonato fechou a corrida apenas na sexta posição. Com isso, a vantagem do piloto da Prema no campeonato subiu para 36 pontos, com Piastri na casa dos 178 tentos, contra 142 do piloto da UNI-Virtuosi.

Entre os brasileiros, provas discretas para Enzo Fittipaldi e Guilherme Samaia, que terminaram em 12º e 13º, respectivamente. Felipe Drugovich, que bateu forte durante volta de aquecimento da corrida 1 do sábado, não participou da prova por conta de uma decisão médica.

Passada a etapa na Rússia, a categoria fará uma pausa de 10 semanas até retornar na Arábia Saudita, entre os dias 3 e 5 dezembro, para a penúltima etapa do campeonato deste ano.

Como foi a corrida 2 da Fórmula 2 em Sóchi:

Em meio a disputa pelo título da Fórmula 2, que se desenha entre Oscar Piastri e Guanyu Zhou, um passo importante rumo à conquista chegou para o australiano, que fez valer a pole-position para a corrida principal para vencer a corrida 2 com ares de tranquilidade.

Piastri partiu da posição de honra e desde a largada aproveitou a vantagem para tomar a ponta. O australiano liderou praticamente todas as voltas da corrida, e perdeu a ponta apenas quando parou para realizar o pit-stop obrigatório. Na largada, o piloto da Prema tomou a dianteira e já se desgarrou do pelotão. Na briga pelas posições abaixo do líder, Theo Pourchaire e Ralph Boschung tracionaram bem e logo deixaram Jehan Duravala para trás, assumindo a segunda e a terceira posições, respectivamente.

Zhou, por sua vez, largou mal e despencou de quarto para oitavo. Situação parecida com a de Liam Lawson, que partiu de oitavo, mas logo caiu para 12ª posição. O primeiro incidente da corrida aconteceu logo na largada, na parte de trás do pelotão. Bent Viscaal abandonou após ser tocado por Roy Nissany, que posteriormente foi punido em 5s pela direção de prova. Lirim Zendeli também teve danos no carro e foi obrigado a fazer um pit-stop.

Largada da corrida principal da Fórmula 2 em Sóchi (Foto: Getty Images/Fórmula 2)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Por conta do incidente com Viscaal, o safety-car virtual foi acionado. Quando o carro de segurança deixou a pista, Piastri seguiu na ponta, acompanhado de Pourchaire e Boschung, que completavam as três primeiras posições. Daruvala era o quarto, com Robert Shwartzman e Jake Hughes atrás.

Com problemas mecânicos, Juri Vips foi obrigado a abandonar a corrida. Na sétima volta, as paradas no pit-stop iniciaram. Boschung foi o primeiro a parar. Duas voltas depois, foi a vez do líder, Piastri, realizar sua parada obrigatória.

Pourchaire assumiu a ponta e parou uma volta depois. O francês acabou retornado à frente de Piastri, mas não conseguiu segurar o ímpeto do líder do campeonato, que logo assumiu a segunda posição.

Começou, então, uma caça de Piastri ao líder da prova, Lawson, que tinha uma vantagem de 6s. Na 17ª volta, pit-stop para o piloto da Hitech e caminho livre para o Piastri reassumir a ponta. Com uma vantagem de 1s900, Piastri foi o primeiro a cruzar a linha de chegada, com Pourchaire logo atrás. Jehan Daruvala fechou o pódio em terceiro.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar