Faria vai ao pódio no encerramento da temporada da F3 Britânica em Silverstone

Roberto Faria encerrou em alta um bom primeiro ano na F3 Britânica. Presente em apenas parte do campeonato, o brasileiro foi 14º no geral e teve um pódio na etapa final

Roberto Faria foi um dos destaques da reta final da temporada 2020 da F3 Britânica. Carioca de 16 anos, o jovem piloto fez apenas metade do campeonato, mas passou boa impressão e teve, na rodada tripla final, seus melhores resultados, com direito a um pódio em Silverstone na corrida 3 do último final de semana.

No fim, o 14º colocado geral teve dois quarto lugares e uma segunda colocação na principal prova do calendário, completando bem a evolução no primeiro ano de categoria, em que disputou apenas quatro das sete etapas. O campeonato foi vencido pelo americano Kaylen Frederick, dono de passagem pelo Road to Indy.

Roberto Faria fechou a temporada 2020 da F3 Britânica (Foto: Jakob Ebrey)

“É um misto de bons sentimentos ter conquistado um pódio em Silverstone. Nunca estive aqui com carro de F3 e nunca tinha feito o traçado completo, que é o mesmo da F1. Foi a prova mais desafiadora para mim. No início a pista estava molhada por conta da forte neblina que chegou até a atrasar a prova em 30 minutos e, com isso, foi bem difícil manter o controle do carro para ele não rodar. Mesmo assim, escolhemos usar pneu slick e fomos mais felizes do que em Snetterton”, disse.

Roberto já projeta 2021, entendendo que cresceu bem no campeonato que se encerrou no final de semana e esperando mais uma chance na categoria. O brasileiro defendeu a equipe Fortec.

“Se eu encontrasse com o Roberto de meados de setembro eu diria para ele ter calma e que com um pouco mais de experiência a velocidades e os resultados viriam. Minha meta é top-5 em 2021”, completou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube