Vesti vence corrida principal da F3 na Áustria. Collet cai para último, reage e é 7º

Em corrida pra lá de empolgante e marcada por um forte acidente envolvendo Arthur Leclerc e Victor Martins, Frederik Vesti foi o vencedor neste domingo na Áustria. Caio Collet teve problemas na largada, caiu para último, reagiu e foi o sétimo. Enzo Fittipaldi foi o 13º

Verstappen é pole e Norris brilha: os melhores momentos da classificação do GP da Áustria (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

O fim de semana da Fórmula 3 na Áustria se encerrou com outra grande e agitada corrida neste domingo (4). No desfecho da rodada tripla do fim de semana, a terceira do campeonato, Frederik Vesti superou o pole Dennis Hauger, travou grande batalha com o norueguês da Prema e levou a ART Grand Prix de volta ao topo do pódio. O dinamarquês, ligado ao programa da Mercedes, alcançou sua primeira vitória no campeonato. Mas cabe o destaque, também, para Caio Collet.

O brasileiro de 19 anos levou enorme azar na largada ao enfrentar problemas com o carro, que ficou parado no grid de largada. Collet caiu para 29º e último e, daí em diante, teve uma grande jornada de recuperação. O piloto da MP conseguiu terminar em sétimo lugar depois de 24 voltas. Enzo Fittipaldi, por sua vez, foi o 13º.

FREDERIK VESTI; ART GRAND PRIX; ÁUSTRIA; VITÓRIA;
Frederik Vesti venceu a corrida principal da F3 na Áustria (Foto: Twitter/F3)

A corrida foi marcada pelo forte acidente envolvendo Victor Martins, Arthur Leclerc e Clément Novalak. Em disputa por posição com Martins, o monegasco colocou as rodas do lado direito do seu carro na grama, perdeu o controle e chegou a acertar Novalak em alta velocidade. Por sorte, nada de mais sério aconteceu com os pilotos.

Hauger foi ao pódio na segunda colocação, enquanto Oli Caldwell, companheiro de equipe do norueguês na Prema, fechou em terceiro depois de travar uma batalha com o colega nas voltas finais. Alex Smolyar, da ART Grand Prix, foi o quarto, seguido pela HWA de Matteo Nannini. Ayumu Iwasa, da Hitech, foi o sexto, à frente de Collet. Logan Sargeant, da Charouz, foi o oitavo, enquanto Calan Williams, da Jenzer, e Jonny Edgar, completaram o top-10.

Depois de nove corridas disputadas, Hauger lidera a temporada com 115 pontos, contra 74 de Vesti, agora o vice-líder. Caldwell tem 72 e está em terceiro, empatado com Jack Doohan, enquanto Martins, que zerou nas duas últimas provas deste fim de semana, caiu para quinto, com 66. Smolyar é o sexto e soma 52 pontos, contra 49 de Novalak. Collet, com os 6 pontos deste domingo, os únicos na Áustria, agora é o oitavo no campeonato, com 41. Enzo Fittipaldi, que pontuou pela primeira vez na temporada no Red Bull Ring, tem 11 tentos e está em 16º no campeonato.

A quarta etapa da temporada 2021 da Fórmula 3 acontece entre os dias 31 de julho e 1º de agosto no circuito de Hungaroring, em Budapeste, na Hungria.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Saiba como foi a corrida 3 e principal da F3 na Áustria

LEIA TAMBÉM
+Verstappen celebra nova pole na Áustria, mas destaca ‘Q3 bem ruim’
+Hamilton lamenta falta de ritmo e já prevê ‘uma vitória fácil de Max’
+Norris vibra com segundo lugar no grid de largada da Áustria: ‘Épico’

A corrida principal da Fórmula 3 na Áustria começou com um grande revés para Caio Collet. Quarto colocado no grid, o brasileiro enfrentou problemas com o carro e ficou parado no grid na largada, saindo para a corrida pra valer atrás de todo mundo, em 29º. Dennis Hauger manteve a liderança depois de partir na pole, enquanto Enzo Fittipaldi se segurou em 15º, sua posição original de largada.

Ao longo das primeiras voltas, Hauger foi ultrapassado por Frederik Vesti, da ART Grand Prix. Collet partia em busca da reação e já era o 20º depois de seis voltas completadas, enquanto Enzo, depois de perder duas posições, era o 17º.

FÓRMULA 3; F3; ÁUSTRIA; DENNIS HAUGER; FREDERIK VESTI;
Dennis Hauger perdeu a liderança da corrida nas primeiras voltas (Foto: F3/Twitter)

Hauger não tinha o melhor ritmo de corrida, nem de longe. Tanto que o norueguês, piloto da Red Bull Junior Team, também foi ultrapassado por Alex Smolyar, também da ART Grand Prix, e caiu para terceiro. Collet já era o 17º, uma posição atrás de Fittipaldi.

A corrida seguiu muito pegada, com duas grandes batalhas nas primeiras posições. Smolyar travava o duelo interno da ART Grand Prix e lutava pela liderança contra Vesti. Pouco mais atrás, na batalha pelo quinto lugar, Arthur Leclerc, depois de manobra corajosa em cima de Jack Doohan, e Clément Novalak, chegaram a se tocar. Mais atrás, Collet já era o 16º depois de passar Fittipaldi.

Na volta 11, Hauger conseguiu dar o bote na curva 4 e se colocou entre os carros da ART Grand Prix ao passar Smolyar e voltar à segunda posição. Oli Caldwell era o quarto em corrida protagonizada por ART e Prema.

ARTHUR LECLERC; VICTOR MARTINS; ACIDENTE; FÓRMULA 3;
Acidente forte envolvendo Arthur Leclerc, Victor Martins e Clément Novalak marcou a corrida 3 da F3 na Áustria (Foto: F3/Twitter)

Um grande acidente marcou a corrida na volta 14. Leclerc lutava por posição com Novalak e também com Victor Martins. Depois de ter sido ultrapassado por Novalak, o piloto da Prema lutou com Martins e ficou sem espaço na pista Ao passar pela grama para tentar manter a posição, o monegasco perdeu o controle do carro em alta velocidade e bateu forte, antes de ir para a brita, Leclerc acertou o carro de Novalak. Por sorte, ficou só um grande susto para os três pilotos. Leclerc e Novalak abandonaram, enquanto Martins conseguiu voltar à pista depois de ter de parar nos boxes da MP.

A corrida entrou em regime de safety-car, que durou até a volta 18, quando a bandeira verde voltou a tremular. Vesti seguia como líder, à frente de Hauger, Smolyar, Caldwell e Jak Crawford. Collet já era o 12º, enquanto Fittipaldi vinha em 15º.

A liberação do acionamento da asa móvel impulsionou Hauger na luta pela vitória contra Vesti. Mas a batalha foi freada depois do acionamento do safety-car virtual, ainda que brevemente, depois de incidentes com Jack Doohan e Jak Crawford.

A prova seguiu seu curso normal e teve bandeira verde na última volta. Hauger perdeu contato com Vesti e passou a ser pressionado por Caldwell, em batalha interna da Prema, mas Smolyar também aparecia para a briga.

Lá na frente, Vesti cruzou a linha de chegada na frente, enquanto Hauger confirmou a segunda colocação e Caldwell fechou o pódio da corrida principal no Red Bull Ring. Smolyar foi o quarto, enquanto Matteo Nannini fez ótima prova para terminar em quinto. Ayumu Iwasa foi o sexto, seguido por Collet, que fez grande jornada de recuperação depois de cair para último na largada. Logan Sargeant, Calan Williams e Jonny Edgar completaram o top-10. Enzo Fittipaldi foi o 13º.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar