Cassidy supera pista molhada e coloca Virgin na pole no segundo eP de Roma da FE

Primeira pole da carreira: Nick Cassidy, estreante na Fórmula E, alcançou tal feito neste domingo (11), batendo as ruas úmidas de Roma e, também, Norman Nato, que sai em segundo

A Fórmula E voltou na madrugada deste domingo (11) para as ruas de Roma, palco em que Jean-Éric Vergne conquistou vitória no último sábado. E, com a pista secando durante a sessão de classificação, a pole ficou com a Virgin: Nick Cassidy sai na frente com um estupendo tempo, mesmo em relação àqueles que também foram para a Superpole.

Ele anotou 1min52s011 – como prova de que a pista foi ficando cada vez mais úmida durante o treino, o próprio Vergne, primeiro a ir para a pista no Grupo 1, larga após ter anotado 2min04s864. Problema do vencedor do primeiro eP de Roma, sorte do neozelandês, que ponteia o grid do segundo.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Nick Cassidy (Foto: Fórmula E)

Outro estreante na categoria sai na segunda colocação: Norman Nato ficou 0s332 e colocou a Venturi na primeira fila. Pascar Wehrlein foi o melhor entre os que não andaram no último grupo, o que pegou as pistas em melhores condições, e ficou em terceiro com a Porsche.

Completam o top-10 Stoffel Vandoorne, que deu sorte com a anulação do tempo de Andre Lotterer e, assim, passou para a briga da Superpole, Maximilian Günther, Alexander Sims, Edoardo Mortara, Oliver Rowland, Nico Müller e Sébastien Buemi.

A largada para o eP de Roma está marcada para as 7h45 (de Brasília).

Norman Nato (Foto: Fórmula E)

Confira como foi o treino de classificação:

Grupo 1: Sam Bird, Nyck de Vries, Mitch Evans, René Rast, Jean-Éric Vergne e Robin Frijns

A manhã em Roma começou com pista molhada, prejudicando quem abriu a sessão de classificação dominical. Ou seja: o primeiro a terminar a volta acabou apenas ajudando os rivais, começando o processo de secar as ruas italianas.

Pior para Vergne, que acabou com um terrível tempo de 2min04s864, e melhor para Bird, que se manteve na briga ao ser o único dos seis que baixou da casa dos 2min, mesmo que por apenas 0s261.

Grupo 2: Pascal Wehrlein, Edoardo Mortara, Sérgio Sette Câmara, Oliver Rowland, António Félix da Costa e Sébastien Buemi

As melhores condições de pista permitiram que quatro deste grupo já melhorassem os tempos em relação ao anterior, com a fila puxada por Wehrlein, com 1min58s777. Mortara, Rowland e Buemi também ficaram à frente de Bird.

Já Sette Câmara começou novamente com azar: a Dragon mandou o brasileiro recolher, avisando no rádio que “tentaria resolver um problema para a corrida”, e o brasileiro ficou sem tempo. Depois, anunciou pane elétrica no carro #7.

Pascal Wehrlein (Foto: Fórmula E)

Grupo 3: Alexander Sims, Stoffel Vandoorne, Nico Müller, Lucas Di Grassi e Alex Lynn

Quem aproveitou a sequência de melhora da pista foi Sims, que baixou em 0s277 o tempo de Wehrlein e assumiu a ponta. Vandoorne, no embalo, apareceu em terceiro.

Já Di Grassi não teve, pelo menos nessa primeira parte do dia, uma Audi tão forte quanto no sábado, e não avançou para a superpole, ficando momentaneamente apenas em 10°.

Grupo 4: Tom Blomqvist, Maximilian Günther, Norman Nato, Nick Cassidy, André Lotterer e Jake Dennis

Estes deram sorte: a pista em melhores condições deu a Lotterer, o primeiro do grupo a anotar tempo, a frente da tabela: 1min56s271, 8s melhor que Vergne, que teve o azar de abrir o dia. Não parou por aí: Nato tomou a ponta, 0s265 abaixo de Lotterer – e um ponto extra.

Cassidy ainda ficou em terceiro no geral, com Günther em quarto. Apenas Sims e Wehrlein sobreviveram, dos grupos anteriores para a disputa da pole. Isso por alguns minutos, afinal, FE é FE: Lotterer teve o tempo cancelado por uso abusivo de potência e Vandoorne herdou o posto na fase final.

Alexander Sims (Foto: Fórmula E)

Superpole: Nato, Cassidy, Günther, Sims, Wehrlein e Vandoorne

Pole de sábado, Vandoorne abriu a decisão com 1min54s359, melhor tempo do domingo até então. Mas Wehrlein já tirou a Mercedes do topo para colocar a Porsche: quase 2s de diferença, com 1s729 de melhora.

Terceiro a sair para a pista, Sims não foi bem: deixou a Mahindra a 1s238 de Vandoorne. Günther também já abriu a volta mais lento que Wehrlein no primeiro setor, saindo cedo da briga, só superando Sims.

Mas a briga ficou com os dois pilotos finais: Cassidy fez a grande volta da manhã, com 1min52s011, e Nato chegou a tocar levemente o muro no giro derradeiro: assim, a Virgin sai na pole em Roma.

FE 2020/21, eP de Roma 2, grid de largada:

1N CASSIDYVirgin Audi1:52.011
2N NATOVenturi Mercedes1:52.343+0.332
3P WEHRLEINPorsche1:52.630+0.619
4S VANDOORNEMercedes1:54.539+2.528
5M GÜNTHERBMW1:54.701+2.690
6A SIMSMahindra1:55.598+3.587
7E MORTARAVenturi Mercedes1:59.497+7.486
8O ROWLANDNissan1:59.512+7.501
9N MÜLLERDragon Penske1:59.630+7.619
10S BUEMINissan1:59.701+7.690
11S BIRDJaguar1:59.739+7.728
12M EVANSJaguar2:00.128+8.117
13L DI GRASSIAudi2:00.150+8.139
14T BLOMQVISTNIO2:00.205+8.194
15A.F. DA COSTADS Techeetah2:00.557+8.546
16A LYNNMahindra2:00.943+8.932
17O TURVEYNIO2:01.197+9.186
18N DE VRIESMercedes2:01.229+9.218
19R FRIJNSVirgin Audi2:02.038+10.027
20R RASTAudi2:02.061+10.050
21J.E. VERGNEDS Techeetah2:04.864+12.853
22A LOTTERERPorsche
23S. SETTE CÂMARADragon Penske
24J DENNISBMW

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube