Di Grassi tem problema e abre caminho para Vergne vencer eP de Roma da Fórmula E

Faltavam poucos minutos e Lucas Di Grassi parecia ter Jean-Éric Vergne sob controle. Só que o brasileiro quebrou, deixando a vitória com o francês, que completou uma reação inesperada em Roma

Lucas Di Grassi estava com a faca e o queijo na mão no eP de Roma deste sábado (10). O brasileiro liderava com quatro minutos de corrida restando e ensaiava abrir vantagem para vencer pela primeira vez em mais de ano. Até que deu tudo errado: a Audi do veterano apresentou um problema mecânico, entregando a vitória para Jean-Éric Vergne.

Vergne tinha sido a pedra no sapato de Di Grassi a corrida inteira. O francês usou a estratégia com o modo ataque para ultrapassar o brasileiro, mas perdeu posição pelo ritmo inferior. Quis o problema mecânico do piloto da Audi que o da Techeetah voltasse ao alto do pódio.

Sam Bird terminou em segundo, com Mitch Evans em terceiro. Robin Frijns, Sébastien Buemi, René Rast, Pascal Wehrlein, Alex Lynn, André Lotterer e Maximilian Günther fecharam a zona de pontos.

Jean-Éric Vergne voltou a vencer (Foto: FIA Fórmula E)

A corrida também teve sua dose de acidentes. O maior deles veio justamente no fim: Di Grassi ficou lento na pista e Stoffel Vandoorne, ao tentar reagir e ultrapassar, perdeu controle e bateu. Rodando, o belga foi atingido pelo companheiro Nyck de Vries.

Enquanto Di Grassi abandonava, Sérgio Sette Câmara vivia dia ainda mais difícil. O brasileiro estava no bolo nas voltas iniciais, mas sofreu breve problema mecânico e caiu para último. Deu para completar a prova, mas apenas em 15°.

Saiba como foi o eP de Roma da Fórmula E

Antes mesmo da largada, já estava claro que a corrida teria um elemento extra: o clima. Choveu em Roma entre a classificação e a corrida e, apesar de a pista ter secado bastante, ainda estava úmida e escorregadia em alguns trechos. Além disso, havia a ameaça de novas pancadas ao longo dos 45 minutos de corrida.

A garoa apertando levou a direção de prova a optar por uma largada atrás do safety-car. Pole, Vandoorne pôde respirar aliviado, sabendo que a liderança estava mais segura agora.

E de fato. Após quase 5 minutos de safety-car, Vandoorne pôde tomar conta da corrida. Lotterer, Rowland, Di Grassi e Vergne formavam o top-5, com Frijns, De Vries, Wehrlein, Bird e Buemi fechando o top-10 inicial.

Não demorou nem uma volta para a corrida ganhar contornos caóticos. Lotterer tentou uma ultrapassagem extremamente otimista sobre Vandoorne, mas só conseguiu jogar os dois contra a barreira de proteção e quase bloquear a pista por completo. Rowland virou líder, com André e Stoffel caindo respectivamente para sétimo e 13°.

Chegávamos à terceira volta ainda com um pelotão compacto, com 10s separando os 16 primeiros. Rowland segurava todo mundo, e esse nem era o único problema: o britânico estava sob investigação por exceder o limite do uso de energia. Isso logo rendeu um drive-through, o que transformou Di Grassi no líder já na volta seguinte.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

O mergulho de Lotterer deu errado para ele e Vandoorne (Foto: Reprodução/Twitter)

Di Grassi tinha pista livre, mas tinha vida ainda agitada. Vergne não tinha muita paciência e já tentava tomar a liderança, mas sem muito sucesso.

A vida era bem mais difícil para o outro brasileiro. Sette Câmara parou na pista com um problema mecânico, mas conseguiu reiniciar o carro. Ainda assim, estava agora em 22° e precisando de uma reviravolta para sequer sonhar com pontos.

Após dez voltas de corrida, o eP de Roma ganhava características clássicas de uma corrida de rua. Vergne mostrava mais paciência e, apesar de apenas 0s5 atrás, não atacava Di Grassi. O francês decidiu ousar e pegou o modo ataque.

Frijns, De Vries, Wehrlein e Lotterer reagiram na volta seguinte e pegaram o modo ataque também, recolocando Vergne em segundo. Assim, Di Grassi se deu mal: o brasileiro, que esperou uma volta a mais, caiu para terceiro tão logo pegou o modo ataque na volta seguinte. O top-5 ficava assim: Vergne, Frijns, Di Grassi, De Vries e Bird.

Di Grassi perdeu posições, mas teria o modo ataque por mais tempo. Foi assim que o brasileiro ultrapassou Frijns, subindo para segundo. Vergne, sabendo que estava exposto, optou por se defender pegando já seu segundo modo ataque. Di Grassi virava líder, com De Vries em segundo e o próprio Vergne em terceiro.

Di Grassi sacou a jogada de Vergne e pegou o modo ataque também, voltando atrás. De Vries virou o líder, mas logo foi ultrapassado pelo francês, novo líder. O brasileiro perdeu tempo por mais uma volta até fazer a manobra também.

Com dez minutos de corrida restando, Vergne e Di Grassi finalmente ficaram em pé de igualdade. Os dois estavam sem modo ataque, com o francês liderando por apenas 0s2. De Vries, Bird e Evans completavam o top-5, logo depois também sem mais potência extra.

Di Grassi transformou a pressão em algo mais concreto com 6 minutos para o fim. O brasileiro passou Vergne, virando líder e tomando controle da corrida. Seria, entretanto, algo muito breve: uma volta depois, a Audi apresentou um problema mecânico e ficou lenta. O francês recuperou a liderança e, pelos retrovisores, viu um grande acidente: Vandoorne teve dificuldades para desviar de Lucas, rodando e atingindo o companheiro De Vries. O safety-car foi necessário, com Jean-Éric assegurando o triunfo.

Fórmula E 2021, eP de Roma, Corrida 1, Resultado Final:

1J.E VERGNEDS Techeetah24 voltas 
2S BIRDJaguar+0.461 
3M EVANSJaguar+0.756 
4R FRIJNSVirgin Audi+1.034 
5S BUEMINissan+3.142 
6R RASTAudi+3.534 
7P WEHRLEINPorsche+3.918 
8A LYNNMahindra+5.720 
9M GÜNTHERBMW+18.296 
10N CASSIDYVirgin Audi+18.763 
11T BLOMQVISTNIO+19.089 
12N NATOVenturi Mercedes+20.045 
13O ROWLANDNissan+20.270 
14N MÜLLERDragon Penske+21.155 
15S. SETTE CÂMARADragon Penske+21.415 
16A LOTTERERPorsche+22.987 
17N DE VRIESMercedes+3 voltasNC
18S VANDOORNEMercedes+3 voltasNC
18L DI GRASSIAudi+3 voltasNC
20A.F DA COSTADS Techeetah+4 voltasNC
21J DENNISBMW+9 voltasNC
22E MORTARAVenturi Mercedes+16 voltasNC
23A SIMSMahindra+24 voltasNC
24O TURVEYNIO NL

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube