Com Rio de Janeiro, FIA divulga lista de oito cidades para provas da F-E em circuitos de rua

Eventos da categoria de carros elétricos serão disputados em um único dia. Corrida terá 45 minutos de duração com dois pit-stops obrigatórios para trocas de carro

A F-E, campeonato de carros elétricos apresentado pela Federação Internacional de Automobilismo em 2012 para estrear em 2014, vai tomando forma. Nesta sexta-feira (8), em reunião do Conselho Mundial da FIA, em Genebra, na Suíça, o regulamento técnico da categoria foi finalizado, o regulamento esportivo foi proposto e a lista de cidades que vão abrigar as provas de rua foi divulgada.

Dentre essas cidades está o Rio de Janeiro, a primeira anunciada pela FIA. Além da antiga capital do Brasil, a lista também inclui Londres (Inglaterra), Roma (Itália), Los Angeles (Estados Unidos), Miami (Estados Unidos), Pequim (China), Putrajava (Malásia) e Buenos (Argentina). A ideia é fazer provas em traçados urbanos na região central das cidades.

Além do RJ, FIA já havia anunciado a etapa de Roma para o calendário de 2014 da F-E (Foto: Divulgação)

Com relação ao formato do evento, a primeira ideia revelada é restringir toda a programação a um único dia. A corrida, de 45 minutos e com duas paradas obrigatórias para troca de carro, seria antecedida por um treino livre e um treino classificatório.

CEO da F-E Holdings, empresa que vai promover o novo campeonato, Alejandro Agag agradeceu às cidades que manifestaram interesse em receber a categoria e disse que espera ampliar o alcançe global do calendário. “O calendário provisório que divulgamos tem corridas na América, na Europa e na Ásia. Esperamos também correr na África e na Australásia de 2015 em diante”, falou.

“No momento, estamos trabalhando com as oito cidades selecionadas no desenho dos circuitos. Todos ficarão em áreas centrais, facilmente acessíveis por transporte público e vão incluir os mais bonitos e conhecidos pontos turísticos e um pano de fundo espetacular”, declarou Agag.

A ideia de estar nessas regiões é passar a todos a principal mensagem do campeonato e mostrar “o carro elétrico como uma solução para a mobilidade nas cidades do futuro”.

20 pilotos e 10 equipes disputarão o campeonato. O piloto de testes que está participando do projeto desde o início é o brasileiro Lucas Di Grassi.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube