Fórmula E adia rodada dupla de Santiago após suspensão de voos do Reino Unido

Abertura da temporada 2020/21 da Fórmula E acabou adiada. Suspensão de voos do Reino Unido impede que etapa de Santiago aconteça em janeiro. Organização quer achar nova data ainda no primeiro quarto do ano

A Fórmula E anunciou que a rodada dupla de Santiago, no Chile, que abriria a temporada 2020/21 do campeonato foi adiada. As corridas do Parque O’Higgins eram esperadas para acontecer nos dias 16 e 17 de janeiro, mas o adiamento foi forçado com a alta da Covid-19 e a suspensão de voos oriundos do Reino Unido.

O adiamento foi feito após consulta com o município do Chile. Segundo a Fórmula E, uma nova data para a etapa ainda no primeiro quarto de 2021. Equipes como Virgin, Mahindra, Mercedes, NIO e Jaguar não poderiam viajar até o Chile, já que têm sede na Inglaterra.

O formato de rodada dupla em Santiago era uma das duas etapas já confirmadas no novo calendário, além das corridas em Diriyah, na Arábia Saudita, que acontecem em fevereiro. As provas da perna europeia do calendário, apesar de ganharem data, não foram oficializadas.

A largada do eP de Santiago de 2019. (Foto: Fórmula E)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

De acordo com dados da OMS (Organização Mundial da Saúde), o Chile acumula 587.488 casos de Covid-19, 2.198 confirmados no último dia. Já são 16.197 mortos em decorrência do Sars-Cov-2, 43 nas últimas 24 horas.

A temporada 2019/20 da Fórmula E foi marcada pelos cancelamentos por efeito da pandemia de Covid-19. As etapas de Sanya, Roma, Paris, Seul, Jacarta, Nova York e Londres tiveram o cancelamento forçado, enquanto a categoria utilizou de seis provas no Aeroporto de Tempelhof, em Berlim, para finalizar a temporada que consagrou António Félix da Costa como campeão.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube