Di Grassi crê que perdeu título em classificação ruim, mas reflete: “Fizemos o possível”

Lucas Di Grassi venceu a primeira corrida da Fórmula E em Berlim, mas fez apenas número na segunda. O brasileiro vê motivos para ficar “de cabeça erguida”, apesar do título escapar

Mitch Evans, com chances grandes de título, não conseguiu largar e foi atingido em cheio por Edoardo Mortara (Vídeo: Fórmula E)

Lucas Di Grassi até venceu a corrida 1 da Fórmula E em Berlim, mas não conseguiu fazer muito na 2 para sonhar de verdade com o bicampeonato. 20° na última corrida da temporada, o brasileiro apenas assistiu ao título de Nyck de Vries, muito por conta de um treino classificatório difícil.

De acordo com Di Grassi, largar em 17° já inviabilizava qualquer chance de terminar o dia como campeão. O brasileiro foi vítima do formato de treino classificatório, que obriga os líderes a fazer volta com pista menos aderente.

“O dia de hoje [domingo] já estava perdido desde a classificação”, disse Di Grassi. “Largando em 17°, sabíamos que seria praticamente impossível ganhar as posições necessárias para terminar em terceiro ou quarto, que era o que a gente precisava. É uma pena, mas a gente fez o possível e não pode se envergonhar. Saímos com a cabeça erguida”, seguiu.

Lucas Di Grassi terminou a temporada em sétimo (Foto: Audi Sport)

Di Grassi até tinha chances de pontuar, mas recebeu drive-through após prensar António Félix da Costa contra o muro. Foi um fim melancólico após alguns bons momentos em 2021.

“Foi um campeonato positivo, com duas vitórias, que foram as duas únicas vitórias do trem de força da Audi na temporada. Muito importante, principalmente ontem [sábado]. Mais uma vitória, na frente da equipe e dos patrocinadores. Foi um dia muito bom, em que a gente lutou pelo título até o final”, comentou.

Di Grassi acaba o Campeonato de Pilotos em sétimo, o pior resultado em sete anos de Fórmula E. O piloto ainda não tem presença confirmada na temporada 2021/22, dada a decisão da Audi de encerrar atividades.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar