Di Grassi lamenta perda de ritmo em Berlim e traça meta na FE: “Chegar aos 1000 pontos”

Lucas Di Grassi perdeu pódio por pouco na corrida 2 do eP de Berlim, ao ser ultrapassado por Stoffel Vandoorne no final, e destacou marca que busca alcançar na Fórmula E ainda em 2022

MUDANÇAS À VISTA! MERCADO DE PILOTOS PEGA FOGO NA FÓRMULA E ÀS VESPERAS DE BERLIM

Lucas Di Grassi passou muito perto de seu segundo pódio na temporada 2021/2022 da Fórmula E no último domingo (15), quando saiu do sexto lugar na largada e acabou terminando em quarto na corrida 2 do eP de Berlim. O piloto da Venturi chegou a andar entre os três primeiros durante boa parte da disputa, mas não teve como segurar o ritmo da Mercedes de Stoffel Vandoorne na reta final.

Após a corrida, o brasileiro fez uma recapitulação dos momentos mais importantes da corrida — notadamente a largada, que foi boa para suas pretensões —, mas lamentou a perda de posição para o belga já no fim da disputa.

“Foi uma corrida boa, eu larguei em sexto e consegui subir para quinto na largada”, relembrou Di Grassi. “Depois, com as ativações do modo de ataque, fui para terceiro. Consegui me manter em terceiro até quatro voltas para o final, mas meu carro começou a perder muita performance no fim da corrida e fui ultrapassado pelo Vandoorne”, explicou.

▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Di Grassi perdeu pódio já na reta final da corrida em Berlim, ao ser ultrapassado por Vandoorne (Foto: Venturi)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Além do resultado em Tempelhof, que manteve Di Grassi na nona posição do Mundial de Pilotos da Fórmula E, o brasileiro destacou a quantidade de pontos que já conseguiu somar na categoria — da qual faz parte desde a estreia, em 2014, e possui um título, em 2016/2017. Agora, a meta do piloto da Venturi é chegar no milésimo ponto ainda este ano.

“Terminei em quarto, são 12 pontos, [tenho] 930 ou 940 pontos na Fórmula E agora, então é chegar nos 1.000 pontos”, completou.

Agora, a Fórmula E retorna apenas no próximo mês para a estreia do eP de Jacarta, na Indonésia, que faz sua disputa inaugural na categoria este ano. A corrida — desta vez em jornada única — está marcada para o dia 4 de junho.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Escanteio SP.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar