Massa cita problemas na corrida, mas vê ponto em Sanya como recompensa ao “bom trabalho da Venturi”

Felipe Massa se beneficiou de uma punição dada ao companheiro de equipe Edoardo Mortara. Com a décima colocação em Sanya, o piloto da Venturi completou três corridas consecutivas na zona de pontuação, mesmo com os problemas encontrados no fim de semana

Felipe Massa completou a terceira corrida consecutiva pela Fórmula E na zona de pontuação. O brasileiro foi beneficiado após uma punição dada ao companheiro de equipe Edoardo Mortara e ficou com o décimo lugar no eP de Sanya, disputado no último sábado.

Massa teve dificuldades na classificação e largou apenas na 15ª posição. O brasileiro revelou problemas no carro e se aproveitou dos abandonos de José Maria López, Stoffel Vandoorne e Alexander Sims para melhorar na prova chinesa.

"É justo dizer que não foi a nossa melhor corrida. Pessoalmente, tive problemas com o balanço do carro e na corrida. Tive de me contentar com as colisões. Mas estou satisfeito em conseguir um ponto para o time, eles fizeram um trabalho incrível desde a última corrida, em Hong Kong", disse o piloto da Venturi após a corrida.
Felipe Massa (Venturi)

Em três semanas, a Fórmula E desembarcará em Roma, na Itália. Massa comentou que a Venturi deve fazer um trabalho duro para manter a sequência de pontos do brasileiro, que atualmente é 15º no campeonato de pilotos.

 
"Vamos voltar aos trabalhos assim que retornarmos [para a fábrica]. Vamos trabalhar duro para melhorar o carro e conseguir bons resultados daqui três semanas em Roma, uma cidade e um país que são muito queridos no meu coração", finalizou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar