Senna elogia substituto de Heidfeld e espera carro mais competitivo em Punta del Este: “É a tendência”

Bruno Senna contou que a Mahindra está trabalhando para dar um passo a mais em Punta em relação ao que se viu na China e na Malásia - que já se mostrou melhor que o ano passado. O piloto ainda falou que foi procurado por Oliver Rowland, substituto de Nick Heidfeld,

No ano passado, Bruno Senna fez uma boa corrida em Punta del Este. Depois de uma troca de câmbio, se recuperou e terminou na sexta colocação. Não há dúvida sobre a melhora da Mahindra para a segunda temporada em relação ao ano anterior, mas Bruno, que vem de um P5 em Putrajaya, espera ver um carro mais forte no Uruguai.
 
Senna falou que o carro está sendo analisado pela engenharia, esse ano mais trabalho da Mahindra do que era ano passado, quando a Carlin era responsável. Em ambas as corridas até aqui, a Mahindra marcou um top-5 (também com o terceiro lugar de Nick Heidfeld em Pequim).
Bruno Senna nos boxes (Foto: Reprodução / Twitter)
"Os técnicos vêm olhando com bastante atenção para essa questão. A tendência é que sejamos mais competitivos que nas primeiras provas", falou.
 
Em Punta, Senna terá um novo parceiro em Oliver Rowland. Isso porque Heidfeld sofreu lesão nos ligamentos da mão esquerda e vai ficar de fora da prova. O campeão da World Series já chegou pedindo conselhos ao companheiro. O controle de combustível é a maior preocupação.
 
"Ele me perguntou bastante sobre a economia de energia, uma de nossas maiores preocupações. Nunca precisou poupar combustível nas categorias por onde passou. Claro que tem muito a aprender, mas o importante é que o cara acelera", elogia.
 
As atividades em Punta del Este começam às 8h15 (de Brasília) deste sábado. A largada está marcada para as 16h04.

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)<0?n+="px":n,cc.style.display="",s2.width=n,window.frameElement&&(s1.height=c2.offsetHeight+5+"px"),t=500,s1.width="100%"}rs(t)},200)}var c1=window.frameElement?window.frameElement:document.getElementById("crt_ftr"),c2=document.getElementById("crt_ftr"),s1=c1.style;s1.position="fixed",s1.bottom="-4px",s1.left="0px",window.frameElement&&(s1.height="0"),c2.style.textAlign="center",s1.zIndex="60000";var cc=document.getElementById("crt_cls"),s2=cc.parentNode.style;cc.onclick=function(){s1.display="none"};var t=0;rs(0);

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth < 970) ? 302357 : 302359;
document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

PADDOCK GP EDIÇÃO #11: ASSISTA JÁ

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube