Sette Câmara assina com Dragon e faz primeira temporada completa na Fórmula E

O brasileiro vai seguir o envolvimento com a equipe baseada em Los Angeles. No início de 2020, havia sido anunciado como piloto reserva do time

Sergio Sette Câmara vai disputar de forma integral a temporada 2021 da Fórmula E. Nesta sexta-feira (20), a Dragon anunciou a vinda do brasileiro para o sétimo campeonato da história da categoria elétrica.

O envolvimento do competidor nascido em Belo Horizonte e a equipe baseada em Los Angeles já é de longa data. No início de 2020, a Dragon chamou Sérgio para o papel de piloto reserva da equipe. O piloto chegou a participar do teste de novatos em Marraquech, em março, anotando o segundo melhor tempo. Depois o colocou como substituto de Brendon Hartley nas últimas seis corridas do calendário, em Berlim. O melhor resultado foi uma 15ª colocação.

A temporada 2021 tem previsão de início no dia 16 de janeiro, no Chile. “Aprendi muito sobre otimizar o carro da Fórmula E e trabalhar dentro do formato de corrida, já que é muito diferente das outras máquinas com que corri”, disse Sérgio. “Passei muito tempo trabalhando com a equipe de engenharia, aprendendo como usar a energia da maneira mais eficiente para alcançar o melhor resultado no fim de semana. Foi uma curva íngreme para mim e estou empolgado em aplicar meu aprendizado e o trabalho que fiz fora de temporada na minha primeira temporada completa com a equipe”, comentou o piloto de 22 anos.

Sérgio Sette Câmara vai correr na temporada 2021 da Fórmula E (Foto: Dragon)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Minha meta é conseguir o melhor resultado possível depois de cada corrida, aprender bastante e curtir meu tempo com a equipe da Dragon/Penske! A minha meta é crescer com o time e continuar o momento positivo que começamos juntos em Berlin, para competir constantemente por pontos nesta temporada”, completou.

Jay Penske, dono da equipe, disse que “Sérgio deu a todos uma mostra do que está por vir nas primeiras seis corridas que fez com a equipe em Berlin”, disse Jay Penske, chefe da equipe. “Fiquei feliz com o ritmo de Sérgio e com a rapidez com que se adaptou aos rigores das corridas elétricas. Com o pacote do Penske EV-5 e as evoluções que estamos fazendo, espero que ele converta o potencial que mostrou em Berlin em constantemente terminar na zona de pontuação na primeira temporada completa dele com a Dragon/Penske”, encerrou.

Na Fórmula E, a Dragon já teve resultados mais competitivos, ficando com o vice-campeonato na temporada de estreia. Em 2020, fechou em 11ª com apenas dois ponto somados. Ao longo dos anos, subiu nove vezes ao pódio, dois deles com vitórias. Em 2018/19, Felipe Nasr competiu no time em três corridas, tendo um 19º e dois abandonos como resultados.

Sette Câmara faz a mudança de categoria após passar três anos na Fórmula 2. Na categoria de acesso à Fórmula 1, o competidor conseguiu 18 pódios, sendo dois deles vitórias. Seu melhor resultado foi no ano passado, quando encerrou o campeonato na quarta colocação.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube